LogísticaNovidadescoronavírus atualizações Intelipost

A companhe as notícias mais relevantes sobre o assunto com as atualizações realizadas pela redação da Intelipost.

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) mudou drasticamente a dinâmica do mercado. Acompanhe aqui as principais notícias sobre o assunto e os esforços que estão sendo realizados na logística e no comércio eletrônico para conter os impactos negativos no setor.

14 de agosto

12 de agosto

9 de agosto

4 de agosto

31 de julho

  • [Canal Tech] Greve de funcionários dos Correios está marcada para a próxima terça-feira (4)
    Os funcionários dos Correios confirmaram nesta sexta-feira (31) a greve que vinha se desenhando durante a semana. Sindicatos representantes dos empregados pela estatal estão insatisfeitos com um pacote de medidas propostas para reduzir gastos e que, se aprovado, vai alterar uma série de benefícios existentes para a categoria, além de eliminar o reajuste salarial anual. Lideranças dos trabalhadores marcaram o início da paralisação na próxima terça-feira (4).

24 de julho

  • [Valor Econômico] Aeroporto mais digital terá menos interação física
    O uso mais intenso de sistemas eletrônicos na rotina dos órgãos federais que atuam nos aeroportos brasileiros passou a compor a estratégia do governo para ajudar o setor a sair da crise. O ministério da Infraestrutura prepara o lançamento de duas novas plataformas para reduzir em 80% o tempo médio de processamento de cargas aéreas e automatizar a triagem de passageiros, por meio de tecnologia de reconhecimento facial, para que não haja qualquer interação física.
  • [Tecnoblog] OLX lança serviço de entrega em parceria com Correios
    A empresa afirma que a adesão ao sistema integrado aos Correios não é obrigatório e que o OLX Pay cobra uma taxa inicial que varia entre R$ 10 e R$ 2 mil para o vendedor, que é automaticamente inserida como restante do valor da venda. Este pagamento é feito apenas no primeiro uso e até o dia 15 de agosto todos os vendedores são isentos deste valor.

23 de julho

  • [Valor Econômico] Indústria investe em shopping na internet
    Grandes empresas de alimentos estão adotando um modelo tradicional do varejo para ampliar as vendas: os shopping centers online ou marketplaces. Unilever e Nestlé investiram na criação de shoppings próprios, nos quais vendem suas marcas e as de concorrentes. Mondelez e a brasileira M. Dias Branco, aliaram-se a marketplaces já consolidados, como os do Magazine Luiza e B2W.

22 de julho

  • [Folha de S.Paulo] Comércio digital ganha 5,7 milhões de consumidores e varejo diz que eles vieram para ficar
    A percepção entre executivos do setor de comércio é que novos consumidores de diferentes faixas etárias e de renda aderiram à facilidade de comprar pela internet, e as vendas digitais devem se firmar em patamares superiores aos do pré-covid.
    O varejo chegou a registrar uma perda de 36% no faturamento durante a pandemia, e aqueda só não foi mais profunda devido ao desempenho de ecommerce, avaliam especialistas do segmento. Dados divulgados nesta quarta-feira (22) pela Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado.

19 de julho

  • [Valor Investe] Queixas sobre e-commerce dobram nos Procons
    O faturamento do setor aumentou 56,8% nos primeiros cinco meses deste ano, segundo dados da Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm), mas as reclamações aos Procons dobraram.
    Produtos não entregues ou desrespeito ao prazo informado no ato da compra são as principais reclamações dos consumidores brasileiros. Segundo dados do Sistema Nacional de Informação de Defesa do Consumidor (Sindec), que reúne os registros dos Procons, essas reclamações correspondem a mais de 24% do total registrado contra o setor.

09 de julho

  • [Valor Econômico] Latam Brasil entra com pedido de recuperação judicial nos EUA
    A Latam Brasil entrou com um pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, na madrugada de hoje. É a primeira empresa brasileira a recorrer ao chamado Chapter 11, legislação americana que garante proteção temporária contra credores para permitir a reestruturação da companhia. A Latam Brasil têm uma dívida de R$ 7 bilhões, principalmente com empresas de leasing e bancos.

25 de junho

24 de junho

  • [Valor Econômico] Marketplace ganha espaço e muda perfil das entregas
    Compras on-line levam grandes operadoras ao modelo B2C, é o que aponta o estudo realizado pela Dealromm.co, empresa especializada em análise de mercado. O estudo revela que os marketplaces estão se tornando peças-chave para a digitalização do varejo, com a aceleração desse movimento por conta da pandemia.
  • [Valor Econômico] Transportadoras ganham fôlego com encomendas do e-commerce
    JadLog irá investir R$ 40 milhões este ano para suportar o aumento da demanda. Mesmo com os impactos negativos, as empresas de transporte que atendem o varejo eletrônico registram alta expressiva nas encomendas, tanto as que prestam serviços de entregas fracionadas quanto as de lotação (ponta a ponta).

19 de junho

  • [Valor Econômico] Correios buscam se adaptar à pandemia e vão lançar lockers
    O presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Floriano Peixoto, desdobrou-se para enfrentar um obstáculo adicional ao desafio de reerguer as finanças da estatal: o súbito aumento da demanda do serviço de entregas em meio à pandemia, provocado pela expansão do comércio eletrônico. Há um ano no cargo, Peixoto traçou como prioridade resolver a baixa liquidez de caixa, reestruturar a empresa e desenvolver ações estruturantes de médio e longo prazo. Ele cita o pacote de novos negócios da empresa e adianta que o projeto de oferta de lockers será testado em breve em Brasília e no Rio de Janeiro.

18 de junho

  • [Valor Econômico] Nestlé amplia vendas com dois shopping centers na internet
    A Nestlé está ampliando as vendas pela internet durante a pandemia. Além do site onde vende diretamente ao consumidor, investe em um modelo usado tradicionalmente por grupos varejistas: o marketplace. A multinacional, que no ano passado reportou vendas de R$ 14,49 bilhões no país, está operando dois shopping centers virtuais. Das vendas totais neste ano, até maio, já tem fatia de 8,1% proveniente do comércio eletrônico. E este índice cresce a cada mês.

16 de junho

  • [Folha de S.Paulo] Motoboys organizam boicote a aplicativos de entrega em 1º de julho
    Entregadores organizam mais um protesto contra os aplicativos de entrega. Depois do buzinaço no mês de abril em São Paulo, e o protesto na Avenida Paulista no começo de junho, a categoria decidiu parar em todo o país no dia 1º de julho, reivindicando  por melhores condições de trabalho em meio a pandemia.
    Dentre as reinvidicações destacam-se o aumento no pagamento das corridas, seguro de vida e para roubos e acidentes, e um voucher para compra de EPIs, como máscaras e luvas, para garantir maior segurança no trabalho.

15 de junho

  • [Estado de Minas] Pandemia acelera demanda por drones
    O distanciamento social exigido pela pandemia do novo coronavírus acelerou as discussões sobre o uso dos drones no mundo todo. Na China, eles já têm sido utilizados para transportar insumos médicos, coleta de exames e até para desinfetar cidades; na Austrália, os veículos não tripulados têm feito entregas de uma série de produtos, de café e pão até ovos e papel higiênico; nos Estados Unidos, a tecnologia foi motivo de polêmica ao ser usada para fiscalizar pessoas que furavam a quarentena em Manhattan.
    Por aqui, as discussões também aumentaram. Empresas e órgãos públicos têm buscado informações sobre como usar o equipamento de forma segura e eficiente. Por enquanto, apenas uma empresa de Franca, no interior de São Paulo, está em processo de certificação para fazer entregas por drones.

10 de junho

  • [Valor Econômico] Caminhoneiros recebem apoio para viajar
    Refeições e cuidados com a saúde ajudam responsáveis por 60% das mercadorias transportadas. O apoio de empresas, entidades e órgãos dos governos federal e estaduais aos motoristas de caminhão tem sido estratégico para o abastecimento durante os mais de 80 dias de isolamento social. De cuidados com a saúde ao fornecimento de refeições, uma série de iniciativas contribuem para manter comércio e serviços essenciais em funcionamento.
  • [Folha de S.Paulo] Medo de contágio inibe consumo mesmo sem isolamento social
    O relaxamento de medidas de distanciamento social pode ser incapaz de eliminar os efeitos econômicos negativos da Covid-19 se a propagação do vírus não estiver sob controle.
    Dois estudos recentes que analisaram dados de diferentes países concluíram que, em situações de contágio elevadas, como é o caso do Brasil, o impacto recessivo da crise sanitária é alto, mesmo sem quarentenas ou lockdowns. Embora as conclusões desses trabalhos sejam preliminares, podem ajudar a orientar políticas públicas, principalmente em nações atingidas mais tarde pelo vírus.
  • [Uol Notícias] Shoppings voltam a funcionar amanhã por 4 horas na cidade de São Paulo
    Os locais ficarão abertos entre 16h e 20h — um horário “alternativo”, das 6h às 10h, também poderá ser adotado. É obrigatório o uso de máscaras por todos os clientes e funcionários. No documento firmado com as entidades representativas dos shoppings, constam as seguintes normas:
    ◦ Não promover evento de reabertura do shopping;
    ◦ Não promover eventos nem atividades que possam atrair grande número de pessoas;
    ◦ Monitorar a quantidade de pessoas presentes no shopping ou centro comercial, estabelecendo o distanciamento entre as pessoas;
    ◦ Ter como princípio a redução da densidade ocupacional do shopping, limitando a 20% a ocupação habitual dos ambientes no caso da cidade de São Paulo;
    ◦ As lojas poderão funcionar, mas cinemas, entretenimento, atividades para crianças e similares permanecem fechados;
    ◦ Exigir o uso de máscaras por todos os clientes e colaboradores.

04 de junho

  • [Valor Econômico] Varejo eleva em 40% a provisão para calotes
    As dez maiores varejistas de capital aberto do país aumentaram em quase 40% os recursos destinados a cobertura de perdas com inadimplência. A piora do cenário econômico eleva o risco de inadimplência por parte dos consumidores. O montante passou de R$ 4,1 bilhões de janeiro a março  de 2019 para R$ 5,7 bilhões no mesmo intervalo em 2020.

01 de junho

  • [Valor Econômico] China volta a produzir, mas frete aéreo sobe até 200%
    Superada a pandemia na China, a indústria eletrônica brasileira viu o fornecimento de componentes importados se normalizar, mas sofre agora os impactos da alta nos preços do transporte de carga aérea.
    Levantamento feito pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) com fabricantes do setor identificou aumentos que variam de 49% a 200% no frete aéreo, principalmente da China para o Brasil. O encarecimento está diretamente relacionado à redução drástica no número de voos comerciais.

28 de maio

  • [Agora SP] Comércio propõe abertura em meio período após a liberação em São Paulo
    Lojas e shoppings centers vão propor abertura das lojas apenas em meio período durante a retomada parcial das atividades na cidade de São Paulo, após a liberação da abertura de alguns setores na atual pandemia do novo coronavírus. A
    medida é uma das propostas que serão enviadas à Prefeitura de São Paulo, para a reabertura do comércio na capital paulista. O plano deve ser entregue na segunda-feira (1) e precisa ser aprovado pela administração municipal.

27 de maio

  • [UOL] Veja como shoppings e lojas vão funcionar na capital de SP após reabertura
    O governo de São Paulo divulgou hoje um plano de reabertura das atividades no estado de São Paulo. A partir de segunda-feira (1º), as pessoas poderão voltar a frequentar escritórios, shoppings, comércios, concessionárias de veículos e imobiliárias. Isso não significa que esses setores estarão funcionando a todo vapor já na semana que vem. O prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), antecipou que nada abrirá de uma vez na segunda-feira e que submeterá propostas de cada atividade à vigilância epidemiológica municipal.
  • [G1] Quarentena em SP é prorrogada por 15 dias com flexibilização progressiva em diferentes regiões do estado
    Medida, anunciada pelo governador João Doria nesta quarta (27), entra em vigor a partir do dia 1° de junho. Reaberturas só serão possíveis para municípios que tiverem disponibilidade de leitos de UTI e redução no número de casos.
    “A partir do dia 1º de junho, por 15 dias, manteremos a quarentena, porém, com uma retomada consciente de algumas atividades econômicas no estado de São Paulo”, disse o governador João Doria (PSDB), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

26 de maio

  • [Gravação] Assista o Intelipost Connection 2020
    A Intelipost oferece nesta terça-feira o Intelipost Connection, evento online que reúne grandes nomes do e-commerce e da logística para discutir o futuro da experiência de entrega.
    No evento, também foi apresentado um estudo sobre os impactos da pandemia do novo coronavírus na logística de e-commerce.
  • [Estadão] Sem passageiros, companhias aéreas lotam aviões com cargas variadas
    Os produtos que as pessoas e as empresas enviam pelo ar muda conforme a temporada, mas normalmente são caros, perecíveis, ou são urgentemente necessários ou uma combinação de ambos. 
    Em circunstâncias normais, cerca de metade de todo o frete aéreo é transportada em aviões de carga operados por companhias como UPS, FedEx e DHL. A outra metade é transportada no porão de bagagem, ou na “barriga” das aeronaves. Mas estes não são tempos normais. Em março, com os aviões retidos nos aeroportos em todo o mundo, houve um declínio no armazenamento de carga de quase 23%, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), mas a demanda caiu numa porcentagem mais modesta, 15%.
  • [Folha de S.Paulo] Ecommerce só minimiza impacto da crise no varejo
    O salto do ecommerce durante a pandemia de coronavírus não tem se mostrado suficiente para sustentar os lucros das varejistas, que tiveram lojas fechadas e viram o fluxo de clientes cair.
    No primeiro trimestre, a maior parte das empresas do setor teve queda no lucro líquido, apesar de um aumento no volume total de vendas. As exceções foram B2W, que reduziu o prejuízo líquido em relação ao mesmo período do ano passado, e Via Varejo, que colheu frutos de uma reestruturação, revertendo o prejuízo anterior.

25 de maio

  • [Valor Econômico] Compras pela internet vão ultrapassar os R$ 100 bi
    As vendas do comércio eletrônico brasileiro estão crescendo 30% em média desde o início do isolamento social provocado pelo novo coronavírus. A associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) mantém suas previsões iniciais de que o faturamento anual do setor ultrapassará, pela primeira vez, os R$ 100 bilhões, devendo chegar a R$ 106 bi, alta de  18% em relação a 2019.

22 de maio

21 de maio

20 de maio

  • [Valor Econômico] Facebook desafia Amazon e eBay com vitrine virtual para empresas
    Mark Zuckerberg pretende aproveitar o boom das compras online na crise e usar os dados coletados para melhorar seu serviço de publicidade e cobrar mais por ele.
    O Facebook espera que seus 2,6 bilhões de usuários comecem a fazer compras em sua plataforma, pois anunciou um novo serviço que o coloca em concorrência direta com a Amazon e o eBay.
  • [Valor Econômico] Em 2 horas, Walmart faz venda de 2 dias nos EUA
    O Walmart informou ontem que uma “demanda sem precedentes” por produtos essenciais e artigos para casa levaram a um pico em suas vendas na pandemia, mas isso pressionou a cadeia de fornecimento e o grupo varejista alertou que os lucros poderão ser afetados.

19 de maio

  • [Correios] Funcionamento dos Correios durante feriado na cidade de São Paulo
    Os Correios informam que, em atendimento ao decreto municipal, parte das agências não funcionarão na quarta-feira (20) e na quinta-feira (21), na cidade de São Paulo. Saiba quais unidades estarão abertas ao público nesses dias. Na sexta-feira (22), todas as agências abrem normalmente.
    A empresa ressalta que, mesmo no feriado, o serviço de distribuição de cartas e encomendas será mantido, para garantir o fluxo de entrega no município.
  • [The Hack] Tentativas de fraudes no ecommerce aumentaram 18% na quarentena, aponta relatório
    Os segmentos que tiveram mais tentativas de fraudes, com crescimento no período foram: Drogarias, com 60%, seguido por Magazines, 50% e Vestuários, com 25%.
    Para o levantamento, mais de R$ 4,7 bilhões em transações foram analisadas, o que representa cerca de 10,4 milhões de pedidos, considerando aqueles com pagamento via cartão de crédito. Para o estudo, foram considerados os períodos de 15 de janeiro a 20 de fevereiro, antes das medidas para contenção do coronavírus, e de 1º a 20 de abril, já com as pessoas em isolamento social, comparando a variação média diária entre os períodos.

15 de maio

  • [Valor Econômico] GPA antecipa projeto de marketplace
    O GPA, dono das redes Pão de Açúcar, Extra e Assaí, acelerou projetos nas áreas alimentar e digital após a crise gerada pela pandemia, e manteve o atual plano de venda de ativos no valor de cerca de R$ 3 bilhões. Além disso, anunciou a entrada da empresa no terceiro trimestre na área de “marketplace” alimentar (shopping virtual).

14 de maio

  • [Folha de S.Paulo] Ministério Público já debate com Covas necessidade de lockdown em SP
    O Ministério Público de SP discute a necessidade de recomendar ou apoiar ação da Prefeitura de São Paulo caso ela tenha que decretar o lockdown, com restrições severas de circulação na cidade.
    Na quarta (13), procuradores fizeram uma reunião virtual com o prefeito Bruno Covas e com o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, para a abertura de um diálogo sobre o tema e a busca de informações sobre a pandemia na cidade.
  • [UOL Economia] Isolamento social custa R$ 20 bilhões ao Brasil, diz estudo
    Um estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, divulgado na terça-feira (12), estimou que o custo do isolamento social para a economia do Brasil é de R$ 20 bilhões por semana. Segundo o documento, o custo imediato foi estimado com base em levantamento detalhado de informações para os 128 produtos da Tabela de Recursos e Usos do IBGE. O isolamento social é defendido por autoridades sanitárias, incluindo a Organização Mundial de Saúde (OMS), como forma de evitar propagação veloz da covid-19 e o colapso do sistema hospitalar.
  • [Valor Econômico] Gol tem 92% da frota no chão e Azul adia recebimento de aviões
    Companhias aéreas encolhem operação durante a pandemia. A Gol estava em abril com 120 aviões (92% da frota) no chão. A Azul está adiando o recebimento de 59 aviões. A meta da Gol é devolver 18 aeronaves arrendadas em 2020 e outras 30 entre 2021 e 2022. A Azul negocia com a Embraer acordo para adiamento das entregas de 59 aeronaves E2. As entregas, previstas para ocorrer entre 2020 e 2023, devem ocorrer a partir de 2024.

13 de maio

  • [IstoÉ Dinheiro] Correios explica serviço de logística para venda pela internet
    De acordo com os Correios, a contratação do LOG+ pode reduzir despesas de logística em até 47%. “A empresa transforma custos fixos, como aluguel de espaço ou pagamento de funcionários, em custos variáveis, ou seja, ela só arca com os custos proporcionais à quantidade de produtos vendidos no site. Isso acontece porque os Correios passam a ser responsáveis pela armazenagem, preparação e distribuição e, como atende a diversos outros clientes, consegue ganhos em escala”, descreve nota da estatal sobre o serviço.
    O LOG+ existe desde 2017 e foi incorporado às estratégias do programa AproxiME, criado pelos Correios após a pandemia da covid-19 para atender empresas que fazem vendas em lojas físicas que querem atuar mais no comércio eletrônico.
  • [Folha de S.Paulo] Frete grátis volta a ser regra no comércio eletrônico para tentar elevar vendas
    A taxa de entrega mais barata ou isenta cresceu mesmo em mercados estabelecidos. O frete grátis, que já era regra do comércio online quando ele engatinhava, e lojistas tentavam estimular um novo hábito.

11 de maio

  • [Portogente] Demanda por frete rodoviário recua quase 30% em abril
    Levantamento da Repom apontou no recorte semanal da variação da demanda por frete em diferentes setores de atividade, na comparação com a primeira semana de março, as análises apontam que o número de operações cresceu 2,4% entre os dias 15 e 21; já na semana seguinte, recuou 20,8% (de 22 a 28 de março), momento que marcou o início das medidas de isolamento no País. O mês abril também começou com baixa de 15,4% (de 29 de março a 4 de abril); e chegou ao pico de baixa de 28,8% na segunda semana (de 5 a 11 de abril), seguidos por recuos de 11,2% (de 12 a 18 de abril) e 17,8% (de 19 a 25 de abril).
  • [Diário de Pernambuco] Quarentena: Projeto de lei para apreender veículos que descumprirem rodízio é enviado à Alepe
    Cinco municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) tiveram quarentena decretada pelo governo do estado. São eles: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. A quarentena começa no próximo sábado (16) e vai até 31 de maio. Desta terça-feira (12) até a sexta (14), será um período de orientação sobre as novas medidas. A iniciativa busca aumentar os índices de isolamento social na RMR. Antes da determinação, as pessoas somente recebiam a recomendação de ficar em casa.
  • [Época Negócios] Com covid-19, e-commerce já é 48% maior que no mesmo período de 2019
    Em relação ao mesmo período do ano anterior (da segunda quinzena de março até o fim de abril), houve crescimento de 48,3%. Comparado ao período pré-covid (do início de fevereiro à primeira quinzena de março), o crescimento foi de 14,4%. No consolidado de 2019, o e-commerce ultrapassou a marca de R$ 60 bilhões em faturamento e atingiu 148 milhões de pedidos.

10 de maio

  • [Veja] Os setores que amargam os sintomas da Covid-19 — e o que os salvarão
    Empresas de transporte e logística sentiram de frente o baque do coronavírus e apelam ao Governo Federal pela manutenção dos negócios.  setor aéreo enfrenta uma queda de 40% nas receitas e o cancelamento de 50% e 85% dos voos nacionais e internacionais, respectivamente. A variação do volume de cargas em voos domésticos é de 17,7%, enquanto a queda das importações e exportações para fora do país caiu 9,9%. Os números são da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base, a Abdib.

9 de maio

  • [Imprensa Oficial] Diário Oficial do estado de São Paulo, Sábado, 9 de maio de 2020
    Secretaria de Mobilidade Urbana de São Paulo estabelece critério de cadastramento de veículos excepcionados do rodízio
    Foi publicada em edição do Diário do Município de São Paulo deste sábado (9), a Portaria SMT.GAB n. 093 de 8 de maio de 2020, que conforme Decreto nº 59.403/2020, estabelece os critérios de cadastramento de veículos excepcionados da proibição de circulação.
    Durante o período de vigência do Decreto nº 59.403/2020, as pessoas jurídicas que exercem as atividades descritas no artigo 5º daquele Decreto, deverão solicitar o cadastramento dos veículos, junto ao Departamento de Operação do Sistema Viário – DSV.
    O cadastramento se dará mediante envio eletrônico do formulário EXCEL, para o e-mail isencao.covid19@prefeitura.sp.gov.br, ou pelo Portal 156, conforme especificado no Decreto.
    Os requerimentos enviados até 10 (dez) dias corridos após a publicação desta Portaria, terão seus efeitos retroativos ao inicio de vigência do normativo. Leia na íntegra aqui.

8 de maio

  • [Diário Oficial – SP] São Paulo publica decreto sobre rodízio de veículos no município
    O decreto entrará em vigor em 11 de maio de 2020 e, em seu Art. 8º destaca que a restrição prevista não se aplica aos caminhões, que permanecem regulados pelas normas específicas.
    Foi publicado hoje (08), o Decreto n° 59.403, de 7 de maio de 2020, que institui regime emergencial de restrição de circulação de veículos no Município de São Paulo por conta da pandemia decorrente do coronavírus. A restrição será independente de localidade de licenciamento, aplicada a circulação de veículos automotores em todas as vias urbanas do município, na seguinte conformidade:
    dias ímpares somente poderão circular veículos com dígitos finais da placa ímpares; dias pares somente poderão circular veículos com dígitos finais da placa pares.
    A restrição ocorrerá todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados, da 0h00 (zero hora) às 23h59 (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos), com exceção do dia 31 de maio deste ano, quando todos os veículos poderão circular. Ficam excluídos das restrições, conforme destacado do artigo 4º:
    Art. 4º (…)
    II – motocicletas e similares;
    (…)
    VIII – aqueles, próprios ou contratados, utilizados em obras e serviços essenciais, assim definidos para os fins deste decreto:
    (…)
    e) dos Correios, devidamente identificados;
    (…)
    l) de transporte de produtos alimentares perecíveis, ou seja, todo alimento alterável ou instável à temperatura ambiente, processado ou não, congelado ou supergelado, ou que necessite estar obrigatoriamente em temperaturas estabelecidas por legislação específica;
    (…)
    m) Veículo Urbano de Carga (VUC), furgão, caminhão de pequeno porte, com dimensões e características que sejam adequadas à distribuição de mercadorias e abastecimento no meio urbano, definidas em ato da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes;
    (…)
    IX – aqueles, próprios ou contratados, empregados em obras e serviços essenciais, assim definidos para os fins deste decreto, os de abastecimento de farmácias, hipermercados, supermercados, mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, lojas de venda de água mineral, padarias e lojas especializadas na venda de artigos médicos, odontológicos, ortopédicos e hospitalares;
    (…)
    X – veículos com isenção decorrente de regime jurídico próprio, assim considerados:
    a) os movidos por energia de propulsão elétrica, a hidrogênio ou híbridos; “A Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes fixará o procedimento a ser realizado para fins de cadastramento dos veículos que gozarão da excepcionalidade da restrição de circulação. O pedido de isenção será autodeclaratório, respondendo o declarante pela falsidade de sua informação, sem prejuízo das demais sanções cabíveis, incluindo a autuação de trânsito.
    O decreto entrará em vigor em 11 de maio de 2020 e, em seu Art. 8º destaca que a restrição prevista não se aplica aos caminhões, que permanecem regulados pelas normas específicas.
    Leia o texto na íntegra aqui.

7 de maio

6 de maio

4 de maio

  • [Folha de S.Paulo] Coronavírus atrasa e encarece entrega de compra online, dizem entidades
    A queda do número de voos de passageiros está afetando drasticamente a entrega de correspondências e produtos comprados pela internet, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) e a União Postal Universal (UPU).
    A Iata afirma que o gargalo das entregas do comércio eletrônico ficou ainda mais grave porque, além da queda de 95% dos voos de passageiros, houve alta de 25% a 30% nas encomendas, devido à quarentena.
  • [Setcesp] Avenidas da capital serão totalmente bloqueadas nesta terça
    Novos bloqueios acontecerão das 6h às 10h nesta terça-feira (05/05).
    A Prefeitura de São Paulo, com o apoio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Guarda Civil Metropolitana (GCM) e do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), fará bloqueios de trânsito em avenidas da Capital, nesta terça-feira (5/5). A restrição ao fluxo de veículos visa colaborar para a ampliação da taxa de isolamento social no município, que está abaixo de 50%. O ideal para combater a propagação do Coronavírus, de acordo com as autoridades de saúde, é de 60% a 70%.
  • [Globo Rural] Caminhoneiros pedem congelamento do preço do diesel para cálculo de frete
    Em termos práticos, o pedido da Abrava refere-se à suspensão temporária do gatilho do diesel – instrumento regulamentado na tabela do frete que dispõe sobre a revisão da tabela quando a oscilação no preço do biocombustível for superior a 10%, tanto negativa como positiva.

3 de maio

2 de maio

29 de abril

  • [Folha de S.Paulo] Bolsonaro amplia atividades essenciais e inclui serviços para caminhoneiros em rodovias
    No decreto desta quarta, foi atendida a reinvindicação de caminhoneiros, permitindo a reabertura de “atividades de comércio de bens e serviços, incluídas aquelas de alimentação, repouso, limpeza, higiene, comercialização, manutenção e assistência técnica automotivas, de conveniência e congêneres, destinadas a assegurar o transporte e as atividades logísticas de todos os tipos de carga e de pessoas em rodovias e estradas”.
  • [EXAME] Shoppings preparam reabertura com termômetros e drive thru, mas sem cinema
    Com a retomada gradual do comércio no país, os shoppings centers preparam um plano de reabertura com medidas de segurança como medição de temperatura dos consumidores e horários reduzidos. Certos serviços, como cinemas e atividades para crianças, devem se manter fechados. Enquanto isso, buscam maneiras para digitalizar parte de suas vendas, como como entregas por drive thru.

28 de abril

  • [Monitor Mercantil] Correios lançam programa de logística para e-commerce
    O programa de logística de entrega de encomendas de comércio eletrônico para micro e pequenas empresas (MPEs) que tenham ou queiram abrir loja virtual, criado pelos Correios, chamado Aproxime, já pode ser contratado pela internet sem a necessidade de deslocamento a uma agência.
  • [Folha de S.Paulo] Após drive thru no estacionamento, shoppings lançam armários para retirar compras
    O serviço, chamado de Compre&Retire, tem um armário no shopping com 63 gavetas automatizadas, em que o lojista deixa o produto vendido por e-commerce, telefone ou WhatsApp. E o cliente busca o produto com a apresentação de um QR Code.
  • [EXTRA] Demanda por transporte rodoviário de cargas no Brasil tem leve melhora, aponta pesquisa
    Os transportes rodoviários do Brasil registravam na última semana uma queda de 44,84% na demanda em comparação com o período pré-pandemia, o que indica uma leve melhora em relação à semana anterior, apontou pesquisa da NTC&Logística divulgada nesta terça-feira. a leve alteração pode indicar a estabilização da curva de queda de demanda por cargas no Brasil em meio às restrições de movimentação para evitar o avanço da Covid-19.
  • [World Economic Forum | em inglês] Thoughtful blockchain implementation is key to improving supply chains in a post-COVID world
    O novo coronavírus trouxe à tona as vulnerabilidades da cadeia de suprimentos, e a oportunidade de tecnologias como a blockchain darem um boost na sua eficiência, fortalecendo a confiança dos públicos de interesse. No entanto, enquanto as organizações se articulam rapidamente para implementar essas novas tecnologias, a crise elucida a necessidade de velocidade e clareza nos projetos de implementações.
    O Fórum Econômico Mundial passou mais de um ano trabalhando com mais de 100 organizações por 50 países em 6 continentes. Ele também se aprofundou em 40 casos de uso de blockchain, desde proveniência e rastreabilidade até automação e operações simplificadas, o que pode ser a chave para otimizar as cadeias de suprimentos em um mundo pós-covid.
  • [Valor Econômico] Empresas de logística expressa operam em ritmo de Black Friday
    O volume de entregas em abril quase dobrou em relação ao mês anterior. Há empresas ampliando o número de entregadores e planejando ampliar a capacidade de armazenagem, mas há também quem estude adiar investimentos, pois os custos operacionais cresceram com os cuidados para combater a covid-19.

27 de abril

  • [Correios] Logística: Correios oferece coleta gratuita de encomendas durante a pandemia
    A empresa implantou o serviço de coleta para todos os clientes com contrato – uma alternativa para a realização da postagem de encomendas, sem a necessidade de deslocamento às agências. Os preços dos serviços contratados foram mantidos, sem cobranças adicionais ao SEDEX e PAC. Dessa forma, os empreendedores têm mais comodidade e segurança no envio de seus produtos Brasil afora.

24 de abril

23 de abril

22 de abril

  • [Valor Econômico] Após crise acelerar venda on-line, ‘marketplace’ define autorregulação
    A crise causada pelo novo coronavírus levou a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao Ministério da Justiça, a acelerar a tomada de medidas sobre atuação dos sites na venda de itens falsificados e recomendar novos controles aos marketplaces no país.
  • [Valor Econômico] Malha aérea deve manter redução de 90% em maio
    Gol, Latam e Azul, em discussão com a Agência Nacional de Aviação (Anac), o Ministério da Infraestrutura, o Ministério da Economia e o Conselho Administrativos de Defesa Econômica (Cade), decidem o desenho da malha aérea a ser adotado no mês de maio. A oferta de voos em comparação à malha essencial anunciada para o período de 28 de março a 3 de maio sofreu um corte de 92%.

18 de abril

17 de abril

16 de abril

15 de abril

  • Entrega segura
    Conheça o site da rede de apoio a todo ecossistema de entrega, desde os consumidores, passando pelos entregadores, mas também as Pequenas Empresas que tem mais dificuldades a boas práticas de logística.
  • [Fetcesp] Impacto da Covid-19 no transporte rodoviário de cargas chega a 43,9%
    A atividade transportadora corresponde a cerca de 65% de tudo o que circula no país e tem influência tanto no abastecimento de cidades quanto na circulação de tudo o que é produzido. Os estados que apresentaram maior queda na variação são Bahia (55,8%), seguido do Mato Grosso do Sul (55,7%), Pernambuco (55%) e Pará (54,4%). Outras 14 regiões sofreram queda significativa.

14 de abril

13 de abril

9 de abril

8 de abril

7 de abril

6 de abril

5 de abril

3 de abril

2 de abril

1 de abril

31 de março

30 de março

28 de março

27 de março

26 de março 2020

25 de março 2020

24 de março 2020

23 de março 2020

  • [Globonews | ao vivo] Governador de São Paulo faz pronunciamento sobre as medidas adotadas para o estado de São Paulo por conta da pandemia.
  • Governo e ANTT suspendem pontos de pesagem em rodovias federais
    O Ministério da Infraestrutura (Minfra) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) irão suspender as atividades dos postos com balanças de pesagem nas rodovias federais concedidas. O intuito é evitar retenções e pontos de contato entre os profissionais do transporte de cargas.

22 de março 2020

  • [Business Insider| em inglês] O CEO e Presidente da Amazon, Jeff Bezos, pede aos funcionários demitidos de bares e restaurantes que trabalhem para a Amazon em meio à crise do coronavírus.
  • [PortandTerminal.com | NY – em inglês] O Wall Street Journal relatou que algumas companhias aéreas estão colocando aviões de passageiros para trabalhar como aeronaves somente de carga, com as cabines principais vazias e os porões cheios de remessas.

20 de março 2020

19 de março 2020

18 de março 2020