TransportadorasE-Sedex

Os Correios informaram por meio de nota à Intelipost que vão descontinuar o e-Sedex a partir do dia 1 de janeiro de 2017. Disponível ao mercado desde 2000, o e-Sedex é um serviço para remessa expressa de mercadorias de até 15 kg, sendo muito utilizado por conta do preço e prazo.

De acordo com os Correios, os clientes que possuem o e-Sedex em seu contrato podem utilizá-lo até 31/12/2016. Já os processos em fase de análise serão devolvidos, visto que não há mais a possibilidade de contratar o serviço.

A estatal informou ainda que continua a oferecer um conjunto de soluções que atendem às necessidades de entrega, incluindo ferramentas tecnológicas gratuitas para integração de sistemas, preparação e gestão das postagens.

Visão Intelipost

O e-Sedex trazia uma proposta de preço e prazo bastante atrativa para as lojas virtuais. Nosso co-fundador Gabriel Drummond acredita que tal movimento pode causar mudanças no cenário de entregas para o e-commerce.

No entanto, segundo ele, em outros países emergentes, empresas privadas disputam agressivamente este mercado, que cresce bastante. “A competição entre transportadoras para atender aos clientes que buscarão outras alternativas para seu volume de envios pode ser benéfico para o mercado. Aguardamos o próximo capítulo”, diz Drummond.