Autor Convidadoplataforma de e-commerce
Administrar uma loja virtual não é tarefa fácil, exigindo atenção aos mínimos detalhes para a manutenção do negócio. Desde a escolha do mercado atendido até a opção por uma plataforma de e-commerce de alta performance, é fundamental que todas as etapas estejam alinhadas para a redução de custos e para a geração de grandes resultados.

Para isso, utilizar um sistema de opera√ß√£o do com√©rcio eletr√īnico que possa cumprir com todas essas exig√™ncias, al√©m de oferecer suporte √†s expectativas para o futuro, pode ser a diferen√ßa entre um e-commerce de sucesso e a fal√™ncia do empreendimento.

Saiba os benefícios dessa escolha na prática e quais pontos são essenciais para decidir pela melhor opção.

O que é uma plataforma de e-commerce?

Uma plataforma de e-commerce √© o sistema que viabiliza o funcionamento de uma loja virtual, oferecendo a integra√ß√£o entre duas estruturas diferentes: o front-end, que √© a parte vis√≠vel para o consumidor, e o back-end, que √© a interface administrativa e que permite ao lojista gerenciar o com√©rcio eletr√īnico.

Elas podem ser de diferentes tipos, que vão desde modelos gratuitos e pouco personalizáveis, até aqueles construídos em SaaS (Software as a Service), que oferecem uma gama de possibilidades diversas para a configuração da loja virtual.

Na hora da escolha, é essencial levar em consideração se o modelo atende não só às necessidades atuais do empreendimento, mas se também é capaz de corresponder às expectativas futuras.

Uma boa plataforma de e-commerce centraliza as informa√ß√Ķes mais importantes em um √ļnico lugar, permite integra√ß√Ķes e disponibiliza espa√ßo para crescimento do neg√≥cio, sem a necessidade de migra√ß√£o para uma segunda alternativa, contribuindo, assim, para a redu√ß√£o de custos da empresa.

Quais são as vantagens da loja virtual em relação à física?

O in√≠cio da opera√ß√£o de com√©rcio eletr√īnico apresenta uma s√©rie de vantagens em rela√ß√£o aos estabelecimentos tradicionais. Desde n√£o demandar um local f√≠sico para seu funcionamento at√© as diferen√ßas de log√≠stica, √© poss√≠vel iniciar a opera√ß√£o de uma loja online de uma maneira mais √°gil ¬†‚ÄĒ o que n√£o significa que o esfor√ßo para obter bons resultados dever√° ser inferior. Algumas das principais vantagens desse modelo s√£o:

1. Disposição de mercadorias

Em um negócio tradicional, a disposição dos produtos é limitada pelo espaço disponível, o que não acontece nas lojas virtuais.

Utilizando uma boa plataforma de e-commerce, √© poss√≠vel criar uma vitrine digital com uma imensa quantidade de itens, oferecendo a possibilidade do consumidor visualizar instantaneamente as diferentes op√ß√Ķes de modelos e cor de cada um. Com mais possibilidade de escolha, aumentam-se as chances de conquista daquele cliente.

2. Controle de estoque

No comércio convencional, é comum as pessoas receberem o produto comprado no mesmo dia ou até mesmo na mesma hora da aquisição. Essa demanda exige um investimento considerável em estoque e tem como limitação o espaço físico do armazém.

Enquanto isso, outras modalidades de logística do mercado online, como o cross docking e o dropshipping, permitem economia parcial e até mesmo integral com armazenamento de mercadorias.

3. Alcance global

Diferentemente das lojas tradicionais, cuja abrang√™ncia √© limitada √† localiza√ß√£o de seus estabelecimentos, o alcance do e-commerce √© global. √Č poss√≠vel vender produtos em todo pa√≠s com baixo custo e, em alguns casos, at√© mesmo no mundo todo.

Com um p√ļblico maior, aumentam-se drasticamente as chances de venda e crescimento do empreendimento.

Por que usar uma plataforma de e-commerce pode ajudar
a reduzir custos?

Como j√° foi dito, a pr√≥pria configura√ß√£o do com√©rcio eletr√īnico permite melhor aproveitamento dos investimentos e o aumento do faturamento da organiza√ß√£o. Por√©m, ao utilizar uma plataforma de e-commerce de alta performance, √© poss√≠vel otimizar ainda mais esse processo, gerando uma economia dos custos operacionais da empresa e gerando mais oportunidades de vendas.

Algumas possibilidades oferecidas por esse modelo s√£o:

1. Centraliza√ß√£o de informa√ß√Ķes

Ao promover a integra√ß√£o do back-end e do front-end em um √ļnico sistema, √© poss√≠vel centralizar as principais informa√ß√Ķes da loja virtual, agilizando processos e identificando falhas e pontos de melhoria antecipadamente.

Nesse sentido, a viabilidade de incorpora√ß√£o de diversas ferramentas √† plataforma possibilita uma vis√£o integral e sist√™mica do empreendimento, reunindo diferentes opera√ß√Ķes em um √ļnico lugar.

Assim, √© fundamental que a op√ß√£o escolhida permita integra√ß√Ķes com sistemas de gest√£o, como ERP e CRM, log√≠stica, pagamento, seguran√ßa, etc.

Ainda, é muito importante que o modelo adotado também ofereça um painel de monitoramento de resultados, viabilizando o acompanhamento em tempo real das vendas e demais processos do negócio.

2. Funcionalidades embutidas

O funcionamento de um e-commerce depende de uma série de instrumentos que permitam que as diferentes etapas, da escolha do produto ao relacionamento com o cliente, ocorram de maneira eficiente e eficaz.

Pensando nisso, a op√ß√£o por um sistema que j√° ofere√ßa algumas dessas funcionalidades integradas √† loja virtual permite n√£o s√≥ a redu√ß√£o de investimento com essas ferramentas, como a centraliza√ß√£o do gerenciamento dessas fun√ß√Ķes em um √ļnico lugar.

Algumas dessas ferramentas que podem otimizar o desempenho do com√©rcio eletr√īnico e alavancar as vendas s√£o: sistema de avalia√ß√£o de produtos, recupera√ß√£o de carrinho abandonado, envio de e-mail com c√≥digo transacional, etc.

Um destaque s√£o as fun√ß√Ķes de clube de assinaturas e de recompra autom√°tica. Esses s√£o exemplos de modelos de neg√≥cios altamente lucrativos e que podem gerar resultados ainda melhores caso a plataforma utilizada apresente a possibilidade de execu√ß√£o dessa opera√ß√£o de forma autom√°tica, deixando o gestor livre para se preocupar com outras quest√Ķes.

3. Otimização de vendas com foco em SEO

Um dos fatores fundamentais para o sucesso do com√©rcio eletr√īnico √© a exist√™ncia de acessos constantes ao site do e-commerce. Para gerar esses acessos, pode-se contar com op√ß√Ķes que v√£o desde o investimento em an√ļncios em m√≠dias pagas at√© a conquista de novos consumidores a partir da satisfa√ß√£o dos clientes atuais.

Al√©m dessas estrat√©gias, a web possibilita a otimiza√ß√£o das vendas por meio da atra√ß√£o e tr√°fego org√Ęnico. Nesse cen√°rio, √© poss√≠vel atrair, a baixo custo, interessados na compra dos produtos a partir dos resultados dos motores de busca, diminuindo o aporte necess√°rio para conquistar novos clientes.

Para isso, as melhores plataformas permitem a otimização da disposição das mercadorias para SEO, ganhando destaque nos resultados de pesquisas em sistemas de busca como o Google.

4. Possibilidade de vendas em marketplace

Os marketplaces s√£o grande shoppings virtuais que promovem a venda de diversos produtos para um grande p√ļblico.

Escolher um sistema integrado com a venda nesse tipo de espaço online aumenta as chances de negócios sem demandar novos investimentos para isso. Nesse cenário, os itens vendidos pelo e-commerce podem alcançar uma gama de consumidores muito maior do que seria possível em uma loja virtual operando individualmente.

Algumas plataformas de e-commerce oferecem a integração com os principais marketplaces do país, como B2W (Submarino, Americanas, Shoptime), Via Varejo (Casas Bahia, Ponto Frio, Extra), Mercado Livre, Amazon, para citar algumas.

5. Atendimento de demandas B2B e B2C

Alguns com√©rcios eletr√īnicos operam tanto em B2B (atacado) quanto B2C (varejo) e apresentam dificuldades para montar lojas virtuais que atendam a esses dois p√ļblicos. Na maioria das vezes, √© necess√°rio adquirir plataformas diferentes para viabilizar o neg√≥cio.

Dessa forma, é fundamental a escolha de um sistema que satisfaça essas duas demandas, promovendo uma economia considerável.

6. Suporte

Alguns dos melhores sistemas de e-commerce disponibilizam suporte integral a seus clientes, ajudando-os a resolver problemas quando eles mais precisam.

No com√©rcio eletr√īnico, uma simples falha t√©cnica pode comprometer totalmente o desempenho das vendas, principalmente em datas comemorativas, em que ocorre aumento do tr√°fego de consumidores.

Dessa forma, ter auxílio nesse tipo de situação não é só um meio de reduzir custos, como uma ação fundamental para evitar prejuízos.

7. Imers√£o em um ecossistema de e-commerce

Grandes plataformas est√£o inseridas em um ecossistema extremamente produtivo para as lojas virtuais.

A partir de parcerias com outras empresas essenciais para o funcionamento do empreendimento, a operadora do sistema escolhido pode ajudar no processo de busca das melhores op√ß√Ķes, como ag√™ncias de design, de marketing, de log√≠stica, etc., agilizando essa opera√ß√£o.

8. Crescimento sem necessidade de migração

A migração de plataforma é um procedimento complexo e delicado, que deve ser feito com cautela para não prejudicar as vendas.

Por isso, escolher desde cedo um sistema que não só consiga atender à demanda atual, mas que ofereça espaço para o crescimento do empreendimento, é fundamental. Mesmo que o investimento inicial possa parecer superior no início, os ganhos de não ter que suspender a operação da empresa no futuro, e até gastar mais nesse processo, justificam o aporte e evitam problemas.

Agora você já sabe como a escolha de um bom sistema para a operação de vendas online não só é capaz de reduzir os custos operacionais do empreendimento, como pode alavancar os resultados da sua loja virtual.

Para se aprofundar mais sobre o assunto, confira o guia definitivo da plataforma de e-commerce!