Intelipost

Como funciona uma operação logística de marketplace?

Publicado em
por:
logistica-de-marketplace

A logística de marketplace é diferente da planejada para o e-commerce. Quem migra de uma modalidade para a outra, precisa saber como funcionam os novos processos para garantir bons resultados com os sellers.

Desde meados de 2010 observa-se uma expansão contínua no segmento de marketplaces. Foi exatamente nesse período que grandes plataformas de e-commerce resolveram aderir ao modelo de marketplace, como é o caso das empresas B2W e Via, sendo que a última bateu a marca de 100 mil vendedores na sua plataforma em 2021.

Mas nesse contexto de crescimento exponencial, novos desafios surgem, especialmente aqueles relacionados às entregas. Afinal, um marketplace apresenta uma série de particularidades em quase todas as etapas do negócio, e isso não seria diferente na logística. 

Para evitar que as etapas dos processos logísticos acabem sendo afetadas ou sobrecarregadas, como na separação dos produtos, durante as entregas ou a visibilidade do status para o consumidor, é necessário entender como funciona uma operação logística de marketplace e seus principais desafios.  

Como migrar do e-commerce para marketplace

Se o seu e-commerce está planejando virar um marketplace e expandir os seus negócios, é preciso entender como realizar os processos da logística por trás dessa mudança, para evitar problemas que possam atrapalhar a eficiência dos processos.

Ao criar um marketplace é importante fechar parcerias estratégicas para oferecer vantagens aos sellers na plataforma. Com os Correios, por exemplo, é possível disponibilizar algumas modalidades de entrega, instigando os sellers a utilizarem o que a plataforma oferece. 

Além dos Correios, parcerias com diferentes transportadoras que entregam com abrangência nacional proporcionam mais autonomia do marketplace em relação ao seller. Permite também criar outras oportunidades com a expansão dos trabalhos, como um cross docking para facilitar a primeira milha da entrega, e depois destinar para a transportadora que irá finalizar a entrega ao consumidor final. 

Chega o momento em que o marketplace está com o controle das entregas e coletas e começa a adicionar mais transportadoras especializadas no last-mile, seja para cobrir geografias específicas com transportadoras locais ou para cobrir categorias como móveis. Então, o marketplace começa a contratar motoristas terceirizados diretamente, e assim, criam uma frota dedicada que consegue fazer as entregas.

Por fim, o marketplace pode passar a oferecer o serviço de armazenagem e expedição, chamado fulfillment, que engloba a gestão otimizada do estoque, recebimento de itens, separação dos pedidos e empacotamento. A principal vantagem para o marketplace é o maior controle da operação, principalmente de tempo e custo, o que gera uma experiência de compra mais positiva para o consumidor final. 

A importância de cada etapa da logística

Cada etapa da entrega é de extrema importância para atingir a experiência de compra perfeita no marketplace. Confira:

Gestão de estoque

A integração entre todos os canais de venda do seller permite realizar a gestão de estoque com maior precisão, evitando vender o que não está disponível, para não comprometer a imagem da loja. Portanto, como é responsabilidade do seller, é importante contratar uma solução que gerencie o estoque e evite grandes problemas.

Acompanhamento do pedido

O status do pedido é um fator importante para o consumidor. Além de permitir se preparar para receber a entrega, evita desencontros e novas tentativas, o que pode aumentar os custos para a loja. Por isso, entregar visibilidade ao cliente é a melhor maneira para reduzir custos logísticos, atingir a satisfação do cliente e otimizar a operação, além de facilitar a identificação da origem dos problemas, permitindo tomar decisões para evitá-los no futuro. 

Gestão de frete

O bom relacionamento com as transportadoras parceiras permite criar regras de frete bem estabelecidas, além de vantagens para o consumidor, como a possibilidade de frete grátis. Porém, todos os fatores que envolvem a gestão de frete precisam ser avaliados para garantir a confiabilidade da entrega.

Em casos em que o marketplace se responsabiliza pela gestão de frete, é importante que os produtos sejam inseridos na plataforma com a descrição correta, contendo volume e peso, para que o cálculo seja realizado corretamente. 

Em ambos os casos, apostar em soluções que realizam a gestão de frete em poucos minutos é uma ótima opção para quem deseja otimizar esse processo. Saiba mais aqui.

Transporte e entrega

Mais uma vez, ter uma rede de transportadoras parceiras permite ao seller entregar em diferentes locais do país com agilidade e ainda reduzir custos. Torna-se importante que esses fornecedores de transporte também possuam tecnologias para garantir bons resultados, como a otimização da frota e o planejamento das rotas mais eficientes

Lembre-se que a etapa final da entrega pode representar a maioria dos custos logísticos envolvidos em uma venda, por isso é importante ter apoio de soluções logísticas e acompanhar de perto o andamento dos processos. 

Gestão de entrega

Para realizar esse acompanhamento final, uma solução de gestão de entregas proporciona mais visibilidade sobre os eventos logísticos em tempo real, como o andamento de cada entrega e a comprovação da sua realização via comprovantes digitais, além de otimizar a gestão e relacionamento com os motoristas.

Principais desafios da logística de marketplace

O e-commerce que migra para o marketplace percebe logo no início que a estratégia da operação logística não é mais a mesma. Além de gerenciar as suas entregas, em muitos casos também gerencia a de seus sellers. E com as diferentes origens desses sellers, a coleta das encomendas deve ser bem organizada de acordo com a necessidade de cada negócio.

Com vendedores e compradores espalhados por todo o país, os prazos de entrega variam bastante. Por isso é comum que os marketplaces criem filtros geográficos para dar preferência a vendedores mais próximos.

Outro ponto é o volume de pedidos por seller, que não costuma ser previsível, principalmente quando falamos de marketplaces que vendem produtos de diversos segmentos. Por exemplo, a recorrência de compra de produtos alimentícios e de itens de higiene é bem maior do que a de itens de móveis e decoração.

Por último, as coletas. Sellers maiores podem possuir uma estrutura para receber coletas, porém, para os pequenos, muitas vezes uma coleta acaba não sendo viável financeiramente. É importante que o marketplace auxilie seus sellers na estruturação dessas coletas ao disponibilizar pontos em locais estratégicos e, assim, estimular a escalabilidade e o crescimento dos sellers dentro da plataforma. Esses pontos se tornam opções mais rápidas para a logística e permitem diminuir a dependência apenas dos Correios. 

Automatização dos processos para a logística de marketplace

Uma operação logística de marketplace pode ser simples e organizada quando o seller e a plataforma apostam juntos em soluções para tornar o negócio e a parceria mais viável. 

Automatizar os processos logísticos no marketplace proporciona mais visibilidade, reduz o risco de falhas, facilita a comunicação com as transportadoras e acarreta em mais vendas e melhor posicionamento no mercado. É pensando nisso que o Grupo Intelipost possui soluções eficientes para a sua operação de marketplace. Confira:

TMS

O gerenciamento de transportes abrange desde as questões mais operacionais até o suporte à gestão. Algumas funcionalidades são:

  • Cotação: oferece valores competitivos aos consumidores por meio de tabelas de frete padronizadas, além de facilitar a comunicação com as transportadoras.
  • Operação: automatiza a troca de informações relacionadas à expedição de pedidos com as transportadoras, otimizando e simplificando os processos. Além disso, é possível gerar etiquetas, pré-listas de postagens e romaneios por meio da integração com os sistemas que são utilizados.

Pontos de coleta e retirada

Localizados estrategicamente, os pontos de coleta e retirada são a solução ideal para diminuir os custos com as entregas, por reduzir as rotas de entrega e centralizar em um único local, o que reduz o consumo de combustível e o desgaste dos veículos. Aqui, o papel do marketplace é oferecer aos seus sellers diferentes opções de coleta dos pedidos através dos pontos de coleta e retirada mais próximos.

Como os pontos de coleta e retirada são estabelecimentos comerciais, ainda possibilita aumentar o fluxo de pessoas nesses ambientes, contribuindo com as vendas físicas do local.

Gostou do post sobre operação logística de marketplace? Tem interesse por mais assuntos sobre logística e tecnologia? Então não deixe de assinar a nossa newsletter para receber as principais notícias do mercado quinzenalmente.

Gostou? Compartilhe esse conteúdo!

Relacionados

prêmioabcommdeinovaçãodigital
Grupo Intelipost é indicado ao Prêmio ABComm de Inovação Digital 2024
tendências para a logística em 2024
4 tendências para a logística em 2024
Categorias
Newsletter

Cadastre o seu e-mail e receba as nossas novidades