Intelipost

Fulfillment: da cotação à gestão de entregas

Publicado em
por:

O que é fulfillment e como o modelo está otimizando as entregas no comércio eletrônico? A terceirização do fulfillment tem se mostrado como uma forte tendência e um diferencial competitivo mais estratégico. Leia a seguir as possibilidades de otimização para as operações logísticas em todo o processo de fulfillment e por que as varejistas estão optando pela estratégia.

O que significa fulfillment?

O termo Fulfillment é uma palavra do inglês e diz respeito à realização e satisfação. Assim, em logística, significa o conjunto de ações e processos realizados ao longo de todo o ciclo de uma entrega, do momento da confirmação de pagamento e da emissão da ordem do pedido até a entrega na última milha. Assim, também faz parte do fulfillment a gestão de estoque, a separação dos pedidos (picking e packing), empacotamento, faturamento e expedição.

Como o objetivo principal das operações logísticas é gerar eficiência e redução de custos, o processo de fulfillment tem como prioridade gerar grande satisfação aos consumidores por meio de ações integradas entre os times de tecnologia, logística, comunicação, marketing e atendimento, sempre acompanhando as transformações do mercado.

Nesse sentido, o fulfillment exerce uma grande relação com a experiência de compra, já que torna o processo de aquisição e entrega de um produto mais cômodo e ágil, especialmente  para quem compra online.

Mas afinal, o que é fulfillment e como funciona?

Basicamente, o fulfillment é o que permeia todos os elos da cadeia de suprimentos. Especialmente falando do comércio eletrônico, com o avanço da digitalização das operações e a possibilidade de atrair novos consumidores, um bom processo de order fulfillment – como também é chamado , assegura que os níveis de serviços prestados sejam executados dentro do esperado, o que faz da estratégica um grande gerador de receita, e um diferencial competitivo bem relevante.

Como funciona o fulfillment no ecommerce?

O processo de fulfillment pode variar de empresa para empresa, porém é constituído de algumas fases substanciais. São elas:

  • Gestão otimizada do estoque: seria o recebimento e armazenagem dos produtos, seja em armazém próprio ou terceirizado. Nesse contexto, é recomendado contar com o apoio de um sistema de controle de estoque e gerenciamento de reposição pós-venda.
  • Separação do pedido (Picking): após aprovação do pagamento, é gerada a ordem de pedido para que seja autorizada a localização do produto no estoque e separação para envio.
  • Empacotamento (Packing): depois que o item comprado é separado, ele deverá ser embalado com cuidado a fim de evitar avarias durante a entrega. Lembre-se que a embalagem impacta diretamente a percepção do consumidor sobre a sua marca. Não só isso, a emissão e aplicação das etiquetas quando otimizada gera velocidade para a operação.
  • Gestão de entregas e coletas: para o cumprimento dos prazos de entrega com qualidade é recomendável a utilização de tecnologias de tracking e roteirização que auxiliam a disponibilizar as melhores rotas para os motoristas.
  • Pós-venda: aumente a felicidade e satisfação dos seus clientes mantendo-os informados sobre o status da entrega. Nos casos de atrasos, uma boa prática é notificar os compradores com uma comunicação proativa e automatizada. É recomendado também disponibilizar um canal para feedbacks para identificar pontos de melhoria
  • Reversa: nos casos de devolução, é interessante oferecer o serviço sem gerar gasto para os consumidores. Outra boa prática para devoluções é disponibilizar pontos estratégicos de Drop-off, assim o consumidor tem autonomia para escolher onde devolver a sua compra.

banner com botão clicável direcionando para o ebook tendências logísticas 2022Como o fulfillment está revolucionando o ecommerce?

A expansão do comércio eletrônico nos últimos anos, impulsionada pela pandemia, estimulou o desenvolvimento de tecnologias para logística mais acessíveis. No caso do e-commerce, a possibilidade de integrações, por exemplo, entre sistemas de gestão de transporte (TMS) e sistemas de gestão empresarial (ERP), é possível ter visibilidade total das operações e ganho de tempo, graças à automatização dos processos, muitos deles ainda realizado manualmente por boa parte das empresas.

Principalmente para médias empresas em desenvolvimento, os custos provenientes da estocagem, localização e manuseio dos pedidos, expedição e transporte podem representar uma fatia significativa da receita. Ao mesmo tempo, manter um fulfillment de alta eficiência resulta em entregas realizadas com maior pontualidade, melhores percursos e mais agilidade nos processos. 

A terceirização do fulfillment no ecommerce

Há uma crescente para a terceirização do fulfillment no comércio eletrônico. Isso fica mais evidente em áreas com grande circulação de pessoas, um bom exemplo são as capitais do Rio de Janeiro e São Paulo.

A equação é simples: com o aumento da demanda, e as novas exigências do consumidor  relacionadas à experiência de entrega, as operações logísticas passaram por mudanças. Este movimento já era esperado, com o desenvolvimento do ecommerce e dos marketplaces.

Por isso, a alta competitividade gerada pela digitalização do mercado cria oportunidade para encontrar bons parceiros em tecnologia para gestão do  fulfillment, reduzindo assim os custos e prejuízo, já que a empresa terceirizada atua exclusivamente, gerando melhor visibilidade e gestão da operação.

Tecnologia para logística

As tecnologias disponíveis no mercado melhoram a integração, desde o planejamento, recebimento e armazenagem dos pedidos, passando pela gestão de despacho e rastreamento das entregas, até o pós-venda e serviços de logística reversa.

O grupo Intelipost tem como propósito impulsionar a logística no Brasil através de soluções que otimizem o dia a dia de gestores de logística e do ecommerce. Conheça algumas de nossas soluções:

AgileProcess

Otimiza o uso da frota, propõe as melhores rotas e sequenciamento de entregas, mostrando o percurso com apoio de GPS e comprovação de entregas em tempo real. Desde 2020, a empresa faz parte do Grupo Intelipost, e contabiliza mais de 9 milhões de entregas para 150 mil rotas, por meio de 7 mil veículos em todo o Brasil.

Pegaki

Oferece soluções para os microempreendedores e pequenas empresas, que não têm estrutura em tecnologia para este tipo de operação, conectando transportadoras, centros de distribuição e pontos parceiros, ajudando a reduzir os custos do frete.

Intelipost

É um TMS embarcador com soluções de cotação de frete, operações, gerenciamento de entregas, reversa, auditoria de faturas e torre de controle. Nós integramos varejistas, marketplaces, operadores logísticos e transportadoras, proporcionando visibilidade em tempo real de todas as entregas e as melhores opções de integrações personalizadas para gerar escalabilidade e sustentabilidade para o seu negócio.

Quer saber como agilizar o processo de envio de encomendas do seu ecommerce com o melhor custo/ benefício? Conheça todos os benefícios e soluções customizáveis para o seu negócio entrando em contato com a Intelipost.

Ou, se preferir, assine a nossa newsletter e receba novidades do mercado e da Intelipost diretamente no seu e-mail!

Gostou? Compartilhe esse conteúdo!

Relacionados

prêmioabcommdeinovaçãodigital
Grupo Intelipost é indicado ao Prêmio ABComm de Inovação Digital 2024
tendências para a logística em 2024
4 tendências para a logística em 2024
Categorias
Newsletter

Cadastre o seu e-mail e receba as nossas novidades