Tecnologia

Neste artigo você descobre o que é logtech e porque elas têm ocupado um lugar bastante relevante no varejo global. Descubra como essas empresas estão transformando o setor logístico e qual a diferença delas para a logística tradicional. 

É fato que a cadeia de suprimentos vem sofrendo grandes transformações em seus processos de fabricação, distribuição, venda e entrega dos seus produtos. Nesse sentido, com a pandemia e a digitalização do mercado acelerada, várias estratégias foram adotadas pelas empresas a fim de se manterem ativas.

Diante disso, as Logtechs ganharam maior destaque no mercado, sendo aliadas de muitos empresários, porque oferecem soluções escaláveis em um curto período de tempo por meio de tecnologia como suporte para realizar as suas entregas de forma ágil e prática.

Neste post, vamos explicar o que é Logtech e qual a diferença para uma empresa de logística tradicional.

O que é Logtech?

Em primeiro lugar, é preciso pontuar que são empresas de tecnologia aplicada ao transporte e logística, otimizando as entregas do varejo. É visível que o Brasil tem uma rede rodoviária sobrecarregada e com muitos gargalos que impedem uma mobilidade eficiente. Nesse sentido, as Logtechs emergem com soluções de alto impacto, principalmente em regiões de grande circulação.

Por meio de tecnologias como machine learning e big data, que são recursos fornecidos por meio de controle de dados, podem resolver problemas de visibilidade e acompanhamento do produto desde a saída da loja até a residência do cliente.

Qual a principal diferença entre uma Logtech e uma empresa de logística tradicional?

O serviço prestado por essas empresas é o principal fator que as diferencia. Nesse contexto, uma transportadora conta com uma frota de caminhões e uma equipe qualificada em traçar rotas mais fáceis, calcular fretes e repassar aos clientes.

Em contrapartida, as Logtechs são uma plataforma que utiliza de forma massiva os recursos digitais com o intuito de conectar toda a rede logística. Apesar de as duas empresas oferecerem transporte, uma delas prefere usar a modernidade trazida pela tecnologia a fim de oferecer um serviço mais inovador e prático.

Quais os modelos de negócio que estão se destacando no ecossistema das Logtechs?

Com a nova realidade pandêmica que assola o Brasil, a logística de vendas online teve um aumento significativo nos últimos meses. Nessa situação, várias empresas optaram por criar plataformas digitais que recebem mensagens instantâneas e fazem roteamento das entregas.

Desse modo, vários negócios ganharam mais visibilidade no mercado. Um exemplo são os serviços de entregas rápidas, que funcionam como um provedor de entregas de última milha sob demanda, conectando centenas de clientes a restaurantes ou supermercados sem sair de casa, trazendo comodidade ao consumidor.

O comércio eletrônico também vem se destacando na rede das Logtechs com serviços de armazenagem, atendimento, logística reversa e veículos de entrega autônoma. Basta acompanhar os movimentos de grandes empresas do setor como Amazon, AliExpress entre outro para entendermos o nível de tecnologia que o setor demanda.

planilha_diagnostico_logistica

Como as Logtechs estão revolucionando o ecossistema logístico?

Empresas mais robustas oferecem funcionalidades que abrangem diversos pontos da gestão da cadeia de suprimentos. Destacamos aqui os principais:

Cálculo de frete automatizado

Assegurando a melhor escolha de transportadora para cada envio a partir de parâmetros pré-determinados, aplicando as regras de frete personalizáveis de acordo com o negócio e simulando malha das transportadoras.

Gestão dos envios

Por meio de automatizações na troca de dados integrados com as transportadoras na expedição dos pedidos, além de digitalização da emissão dos documentos e atualizações sobre o pedido em tempo real.

Rastreamento dos pedidos

Por meio do monitoramento em tempo real da carga com possibilidade de otimização na comunicação com os consumidores finais sobre status da entrega e possíveis ocorrências. A tecnologia de rastreamento da Intelipost permite o rastreamento do pacote desde a coleta até a entrega. Assim, o lojista adquire melhor visibilidade com maior precisão nas tomadas de decisão com mais agilidade.

Otimização de rotas

Uso de inteligência artificial para fazer o planejamento da rota e a separação, garantindo melhor utilização de capacidade dos veículos da sua frota, além do acompanhamento das entregas em tempo real e monitoramento da performance dos motoristas e ocorrências.

Tecnologia inteligente

Alguns exemplos na otimização de processos, a seleção de transportadoras para contratação de frete, monitoramento da carga em tempo real , gestão de envios, auditoria de faturas. Todos esses fatores contribuem na jornada de compra dos consumidores finais.

Com todas as informações integradas e centralizadas é possível ter acesso rápido, facilitando o acompanhamento de todo o ciclo de entrega em tempo real. A tecnologia permite uma gestão das entregas com mais agilidade, otimizando a visibilidade dos processos logísticos.

Concluindo o que entendemos até aqui, temos que soluções para logística de monitoramento e visibilidade em tempo real estão cada vez mais relevantes e entendidas como diferencial competitivo na experiência do consumidor.

Fora isso, a máxima eficiência com o menor custo sempre foi algo principal para uma operação logística de sucesso. O pensamento estratégico sempre estará atrelado a uma boa gestão, porém ter visibilidade total dos processos e centralização das comunicações maximizam o potencial de uma operação, além de gerar inovação e disrupção no setor.

Quer saber mais sobre tecnologia e gestão eficiente das entregas? Leia esse outro post sobre como o rastreamento de entregas melhora a relação com o cliente.

relatório olhar da logística Intelipost