Tecnologia

O Banco Central do Brasil criou um sistema de pagamentos instantâneos, conhecido como PIX. Ele faz as transações em até dez segundos, funcionando 24 horas, até mesmo nos fins de semana. O novo modelo de pagamento é gratuito e proporciona diversas vantagens para o comércio online.

Nesse sentido, é importante ressaltar que o cliente não precisa mais emitir um boleto para pagar a compra feita virtualmente. Para isso, basta fazer um PIX para a empresa responsável. O processo ocorre de maneira rápida e fácil.

Continue a leitura e entenda como funciona o PIX na logística de e-commerce!

O que é PIX?

A principal finalidade do PIX é facilitar o processo de transferência e pagamento entre empresas e pessoas físicas. Assim, o novo sistema trouxe ao mercado mais agilidade nos serviços, visto que os modelos de TED e DOC são mais limitados em relação ao funcionamento e aos valores que podem ser transferidos. A finalidade da criação foi deixar o processo de transação mais rápido e menos burocrático.

Para fazer um PIX é muito simples, basta você ter uma chave de endereçamento, que pode ser, por exemplo, o CPF ou o e-mail da pessoa. Por meio da chave, o banco identifica a conta e valida o processo de transação. Para realizar a transação, você acessa o aplicativo da instituição bancária e clica na opção de pagamento instantâneo.

Em seguida, é possível determinar se você está realizando ou recebendo um pagamento, além da escolha do tipo de chave que identifica o recebedor. Ao selecionar a chave, o sistema retorna rapidamente as informações do recebedor. Depois, é inserido o valor e é realizada a identificação para confirmar o PIX. Esse pagamento também pode ser feito por meio de QR Code disponibilizado pelo recebedor.

Quais são as vantagens do PIX na logística de e-commerce?

A pessoa que precisa fazer o pagamento da compra não paga nenhuma taxa adicional. O mesmo acontece com recebimentos para microempreendedores e pessoas físicas. Contudo, algumas instituições bancárias podem inserir taxas para pagamentos recebidos por lojas. O banco pode considerar a quantidade de transações efetuadas.

Saiba que essas taxas podem ser mais baratas que as cobradas nas transações atuais. Logo, o PIX na logística de e-commerce é capaz de contribuir de forma significativa em seu desenvolvimento, pois os processos de pagamentos ficam mais ágeis e a liberação para entrega pode ser realizada com mais rapidez.

Entregas mais eficientes

Lembre-se de que a entrega é, diversas vezes, um aspecto fundamental na decisão de compra e na experiência do consumidor. Contudo, essa etapa também inclui os processos internos na empresa online, por exemplo, a confirmação do pagamento, envio de nota fiscal e empacotamento da mercadoria.

Sendo assim, a rapidez em qualquer uma dessas fases significa menor tempo de envio. Desse modo, é importante destacar que com o PIX na logística de e-commerce o pagamento será confirmado em segundos, diferentemente do uso de boletos. Após o cliente fazer a compra, a empresa conseguirá agilizar o processo de postagem do produto na transportadora. Nessa situação, seriam dois ou três dias a menos de espera para o comprador. Assim, o cliente ficará muito satisfeito com o serviço.

Mais segurança

Muitas pessoas ainda têm medo de passar dados bancários ou do cartão de crédito em lojas online, sendo uma das razões que afastam parte do público das compras no meio virtual. Ao apresentar o pagamento com PIX, sua empresa tem mais possibilidades de conquistar esses consumidores, visto que eles não precisam ceder nenhuma informação pessoal para finalizar o processo de compra.

Alternativa ao boleto bancário

O boleto bancário normalmente é a opção mais desejada dos clientes que não têm conta em alguma instituição financeira ou que desejam fazer o pagamento à vista. Entretanto, muitos boletos não são pagos pelos clientes. Assim, muitos carrinhos acabam por ser abandonados pela falta de pagamento. Além do mais, é necessário que a empresa pague pela emissão de boletos.

Mesmo quando o comprador vai até o fim do processo, a confirmação do pagamento via boleto pode levar até 3 dias para aprovação. Isso dificulta a oferta de entrega expressa ou entrega no dia seguinte. Outro ponto de dificuldade é a reserva de estoque do pedido, por exemplo nos casos de desistência de pagamento, isso significa que que o produto ficou parado no estoque por 3 dias, e no final do processo ele acabou não sendo vendido, o que pode gerar prejuízos financeiros expressivos para o e-commerce, especialmente em épocas de grande fluxo de vendas como o Dia das Mães, Dia dos Pais e Black Friday.

Só depois da aprovação do pagamento via boleto pelo banco é que a loja pode considerar a venda efetuada e dar início ao processo de envio da mercadoria, o que deixa o processo de entrega muito mais demorado.

Com a realização de um PIX, a confirmação é feita em poucos segundos, o cliente consegue finalizar a compra sem muitas dificuldades, com apenas alguns cliques no aplicativo do banco. Com isso, o e-commerce é capaz de confirmar aquela transação rapidamente e já pode começar o processo de envio, diminuindo o tempo de entrada.

Um estudo realizado pela Intelipost aponta que a entrega rápida é a principal tendência para o comércio eletrônico em 2021.

Qual é o impacto do PIX na logística do e-commerce?

Após conhecer as vantagens que o PIX proporciona em um e-commerce, é possível perceber como ele impacta na velocidade da logística da empresa. Com essa forma de pagamento, a confirmação é feita instantaneamente, com isso, e assim, há ganho em velocidade na aprovação do pedido para separação e coleta, garantindo a eficiência necessária para conseguir satisfazer os consumidores.

Portanto, o PIX na logística de e-commerce consiste em uma ótima forma de realizar um pagamento de um produto, pois é simples e gera menos custo para empresa. Além do mais, o risco de perder uma compra é reduzido, pois o cliente não precisa sair de casa para efetuar o pagamento, ele pode ser feito pelo próprio celular.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para assinar nossa newsletter e saber mais a respeito desse e de outros assuntos do mercado de Tecnologia e Logística!