Transportadorastransportadoras para e-commerce

Escolher transportadoras para e-commerce é um aspecto que deve ser considerado como parte da estratégia do negócio, uma vez que o transporte é o processo que conecta diretamente a empresa a seus clientes e, qualquer falha pode ser sinônimo de insatisfação, a perda do consumidor e até mesmo a criação de uma imagem negativa no mercado.

Uma característica que define a logística no Brasil é a pulverização. Por ser um país tão diverso e de dimensões continentais, estima-se que existam mais de 70 mil empresas de transporte de cargas e quase 500 mil transportadores autônomos, de acordo com o Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC) / ANTT).

Em meio a tantas opções, qual a melhor maneira de estruturar sua operação de distribuição e entrega? No post de hoje, vamos apresentar algumas opções de modalidades de envio (que envolvem, basicamente, preço e prazo) e citar exemplos de fornecedores de transporte que são usadas por outras lojas virtuais e podem ajudar você a alcançar resultados ainda mais promissores. Continue com a leitura e confira agora mesmo!

Transportadoras para e-commerce: envios no Brasil

A seguir, listamos uma série de modalidades de envios dentro do território brasileiro, que podem ser escolhidos de acordo com sua estratégia de negócios ou a necessidade dos clientes.

Correios

É uma empresa pública que oferece serviços de transporte pelos modais rodoviário e aéreo. Sua malha abrange todos os estados do Brasil, fazendo com que estejam presentes em todos os municípios. É a principal opção de transportadora para e-commerce atualmente e abrange desde as pequenas até grandes empresas.

Os serviços mais procurados nos Correios são o PAC, mais econômico, e o SEDEX, que tem prazos de entrega mais curtos. Até 2016 os Correios ainda ofereciam o e-Sedex, um serviço específico para o comércio eletrônico, mas esse serviço foi descontinuado dentro da Política Comercial divulgada no início de 2017.

Couriers

Na tradução literal, um courier é um serviço postal de entregas rápidas de encomendas e correspondências, o que é o equivalente aos Correios aqui no Brasil. Contudo, existem muitos prestadores de serviço privados que competem por estas encomendas (os Correios ainda detém um monopólio sobre correspondências), e, como em qualquer mercado competitivo, tentam se diferenciar de alguma maneira, seja em custo, velocidade, nível de serviço, atendimento, etc.

Existem muitas opções de couriers para e-commerce com abrangência nacional. Citamos algumas das mais comuns entre nossos clientes: Total Express,  Jadlog, Direct e Transfolha.

Já as empresas geograficamente localizadas que prestam serviços como courier são a Carriers e a Door2Door, por exemplo.

Rodoviário

O transporte rodoviário de cargas é o mais comum e também o mais utilizado no Brasil. Devido ao fato de a malha possibilitar o acesso até mesmo em áreas mais remotas e o custo desse tipo de envio ser relativamente baixo, a maior parte dos envios de pedidos é feita por esse modal.

A principal vantagem é possibilitar uma rota flexível e transportar grandes quantidades de produtos de uma só vez — sem contar que não possui restrições de dimensões e determinados tipos de produtos, como no caso dos Correios e envios pelo aéreo, por exemplo.

Dentre as opções de transportadoras para e-commerce mais comuns e que oferecem esse serviço, podemos citar a Jamef, Braspress e TNT.

Expresso

O transporte expresso de cargas é uma modalidade para entregas que são consideradas urgentes, de alto valor (pela segurança) ou perecíveis (como no caso de flores e medicamentos).

Apesar de ser voltado para os envios considerados prioritários, essa opção tem ganhado cada vez mais espaço no mercado, principalmente com a necessidade de conquistar os clientes e fazer com que a empresa se torne mais competitiva.

Nesse sentido, existem diversas categorias que se encaixam dentro do transporte expresso, tais como:

  • same day delivery: a chamada entrega no mesmo dia, em que, como o nome sugere, os envios são recebidos na mesma data em que o pedido é confirmado.
  • next day: os pedidos são recebidos no dia seguinte à data de confirmação.
  • entrega super expressa: para operações especialmente desenhadas, as entregas são feitas poucas horas após a confirmação do pedido. Em São Paulo vemos prazos de 2 horas, e existem casos de prazos abaixo de 1h em outros países. Obviamente, em lojas, produtos e para destinos limitados.

Vale lembrar que a prática desse tipo de serviço ainda é restrita a algumas regiões (principalmente em decorrência das longas distâncias que precisam ser percorridas e inviabilizam a entrega com um intervalo de tempo tão curto).

Além disso, em muitos casos é estabelecido o chamado “horário de corte”, em que os pedidos devem ser confirmados até certa hora do dia, para que haja a possibilidade de entregar na mesma data, ou no dia seguinte.

Dentre as empresas que trabalham com essas opções estão a Loggi, Rapiddo, SpeedyLog,  B2Log e, ASAPLog, por exemplo.

Especializadas

Nesse caso são as transportadoras que são especializadas, como o nome sugere, em entregar tipos específicos de produtos. Para isso, elas contam com expertise e embalagens, equipamentos, equipe e veículos adaptados para acondicionar as cargas da maneira mais adequada, garantindo sua integridade.

Aqui entram os casos de medicamentos (que necessitam cumprir exigências da ANVISA), cargas frágeis,  com alto valor agregado e, até mesmo, empresas que realizam as entregas por bicicletas (carbono-neutro) e oferecem pontos de coleta e entrega para empresas e clientes – sejam estes pontos lockers (escaninhos) em espaço público, ou mesmo a prestação deste serviço em negócios privados já existentes

Vemos algumas empresas se destacando nestes nichos de especialização. Para entregas por bicicleta, exemplos são são Courrieros e BikeCourier. Para Lockers, EasyPost e InPost. Já pontos de entrega compartilhados, Pegaki, Send4 e RetiraFácil.

Social delivery

Já o social delivery é uma opção de entrega que pode ser chamada de colaborativa. Nesse caso, pessoas comuns são responsáveis por coletar e entregar as mercadorias para os clientes. Normalmente são utilizadas plataformas para os serviços, que integram as empresas embarcadoras e os prestadores do serviço.

Apesar de ainda ser algo relativamente novo, essa modalidade oferece garantias como segurança — tanto com a redução do risco de roubos, como o ressarcimento em caso de extravios — e rapidez.

A EuEntrego é uma empresa que já disponibiliza esse serviço para outros negócios.

Envios para o exterior

Se sua empresa trabalha com exportação e envia pedidos para outros países, também consegue contar com um serviço de entrega de abrangência internacional. Os Correios oferecem uma modalidade de entregas que se chama “Exporta fácil”.

Já no caso de optar por outras transportadoras, as mais conhecidas e que possuem tradição no mercado são a DHL, a FedEx e a UPS.

Como você pode ver, existe uma variedade muito grande modalidades de envios e de transportadoras para e-commerce que possuem reconhecimento no mercado, expertise para lidar com as particularidades de uma loja virtual e podem se tornar grandes parceiros de negócio, ajudando sua empresa a melhorar o relacionamento com seus clientes.

Gostou deste post? Então aproveite e compartilhe em suas redes sociais para que outros gestores tenham mais opções!