Logística5-maneiras-usar-a-logistica-no-ecommerce-como-fator-de-retencao-de-clientes.jpeg

Já faz um tempo que a logística tem deixado de ser vista como a área operacional, responsável pelo transporte, e se desenvolve para atender melhor as estratégias da empresa. Nesse sentido, ela é uma grande aliada na melhoria do relacionamento com os clientes — proporcionando processos otimizados e mais eficientes. O mesmo acontece com a logística no e-commerce: é possível usá-la como um fator de fidelização e retenção.

Pensando nisso, nós resolvemos explicar como melhorar o serviço e garantir a satisfação dos consumidores. Continue conosco e saiba mais agora mesmo!

1. Valor de frete competitivo

Como você sabe, nem sempre é possível ou mesmo viável oferecer frete grátis como forma de atrair e reter clientes — mesmo que algumas vezes esse possa ser o fator principal na decisão da compra. Se sua loja virtual não possui condições de arcar com esse custo, ainda assim é possível usar o frete a favor da retenção de clientes, optando por alternativas como:

  • Desconto para pedidos acima de determinado valor;
  • Desconto para a compras de produtos acima de determinada quantidade;
  • Frete grátis para clientes VIP;
  • Frete dividido — em que a empresa paga uma parte e o cliente paga o restante.

O  importante é avaliar quais opções melhor se adequam ao seu modelo de negócios e na sua capacidade de absorção dos custos.

2. Overdelivering

O overdelivering é a prática de “entregar” além daquilo que o cliente espera. Ou seja, é uma estratégia que visa surpreender e encantar os consumidores. Ela pode ser adotada por meio de embalagens estilizadas, envio de brindes, cupons de desconto e envio antes do prazo, por exemplo. A ideia por trás disso é surpreender e proporcionar uma experiência de compra diferenciada, que aumente a percepção do valor percebido pelos clientes.

3. Facilitar a logística reversa

A logística reversa costuma ser muito utilizada para estruturar melhor um processo de trocas e devoluções. Ela trata do fluxo inverso do processo logístico. Ou seja, o retorno do produto do endereço do consumidor até o ponto de distribuição. Tal processo conta muito para a experiência do cliente com sua loja, podendo ser um importante ponto para a retenção do cliente.

Algumas lojas realizam um processo no qual o cliente não precisa se preocupar em realizar o envio e monitorar a tratativa que sua loja dá. Nestes casos o produto é retirado na residência do consumidor, evitando o deslocamento do mesmo até o ponto de coleta.

Além de ajudar a reduzir os custos com transporte — visto que a rota é otimizada, aproveitando os veículos que saem para as entregas, para a coleta — ela ajuda a reduzir o mal estar que o processo de troca ou devolução gera nos clientes.

4. Omnichannel para a logística no e-commerce

Evolução do conceito de multicanal, o omnichannel é completamente focado na experiência do cliente nos canais existentes de uma determinada empresa. Neste novo conceito, é possível que o consumidor compre um produto no e-commerce e realize a troca na loja física, por exemplo, sem nem perceber, muitas vezes, que está passando de canal em canal para efetivar a compra.

Desta forma, ele pode optar por qual é a melhor alternativa, de acordo com suas necessidades. Com isso, nota-se também uma ótima oportunidade para a marca se aproximar ainda mais do cliente, podendo personalizar o atendimento para cada um.

5. Rastreio das entregas

A realização de compras online costuma gerar uma certa ansiedade nos clientes, que desejam receber seus produtos o mais rápido possível. Para minimizar essa situação e tornar o seu processo mais transparente, vale a pena possibilitar o rastreio online dos pedidos — assim, os consumidores podem acompanhar cada etapa, até a sua conclusão.

Como você pode ver, existem várias formas de utilizar a logística no e-commerce como uma forma de aprimorar o atendimento aos clientes e conseguir alcançar sua fidelização. Para isso, basta identificar quais são suas principais necessidades e buscar meios de satisfazê-las.

Gostou desse artigo? Quer saber quais são os principais erros que você deve evitar na sua logística? Então confira nesse artigo!