Transportadorasgestão transportadoras
Atualmente, ter uma gestão otimizada de transportadoras é uma das competências mais importantes dentro das empresas, proporcionalmente ao número e a diversidade de parceiros. Quanto maior o número de envolvidos nas operações logísticas, maior a relevância e necessidade de realizar a gestão do transporte de carga.

Em se tratando especificamente do transporte, há inúmeros recursos para otimizar a gestão da oferta dos serviços, e de maneira indireta, beneficiar o cliente final com uma boa experiência de compra.

Efetividade na seleção das transportadoras

Uma carteira de transportadoras deve apresentar variedade, principalmente se sua empresa atende diversas regiões do país. Assim, você tem a possibilidade de refinar o atendimento aos clientes, visto que terá o melhor preço com a opção mais adequada de frete.

Mas, antes de contratar uma transportadora é preciso analisar com acuracidade quais são os pontos fortes e fracos que a parceria possui, e como ela pode atender as necessidades do seu negócio.

O que você precisa saber no momento de negociação do frete com as transportadoras

Para se manter competitivo no mercado e conseguir a satisfação dos clientes, é preciso conhecer a origem do valor total do frete, o que ajuda bastante durante a negociação dos custos para o transporte. Veja a seguir alguns elementos a serem considerados: 

Custos gerais

Se você quer oferecer um preço justo ao seu cliente, o preço do frete também deve estar dentro dos parâmetros do mercado. Por isso, estabelecer um valor máximo durante a composição do mix, de acordo com o que a transportadora oferece e a região que atende, pode ser uma boa forma de oferecer preços acessíveis aos clientes.

Componentes do valor do frete

  • pedágios;
  • combustível;
  • peso cubado;
  • valor por KM rodados.

Principais tarifas cobradas

  • Ad Valorem;
  • GRIS;
  • taxa de reentrega;
  • taxa de restrição de trânsito;
  • taxa de dificuldade de entrega.

Aumento da qualidade do serviço

Selecionar diversas transportadoras e manter uma base de dados atualizada sobre a performance de cada uma possibilita a criação de um ranking de melhores atendimentos. Com uma gestão otimizada de transportadoras, você saberá qual é a melhor para atender às necessidades dos seus clientes.

Aderência e abrangência

De maneira geral, as transportadoras atendem regionalmente. Assim, mapeie quais regiões precisam ser atendidas antes de fechar os contratos. A diversidade de transportadoras fará com que os custos estejam de acordo com o que você deseja oferecer ao seu cliente.

Reputação das transportadoras

Buscar informações sobre o histórico das transportadoras no mercado é essencial para evitar problemas graves nos processos de entrega. Por isso, é recomendado entrar em contato com alguma outra companhia que é atendida pela mesma empresa para saber a opinião dela sobre o serviço prestado.

Restrições de envio

Se você tem produtos que exigem maior atenção ou um tipo especial de acondicionamento e transporte, como mercadorias muito pesadas, frágeis ou que necessitam alguma ferramenta diferenciada para o carregamento, certifique-se, antes de assinar o contrato, de que a transportadora tem os meios para atender suas necessidades.

O uso da tecnologia na gestão otimizada de transportadoras

Softwares de TMS centralizam as informações do fluxo de trabalho, que podem ser acompanhadas com visibilidade total para todos os envolvidos durante toda a operação. Com foco na gestão otimizada de transportadoras, é uma tecnologia flexível, podendo ser dividida em módulos, seguindo a necessidade do negócio.

As funcionalidades oferecidas pelo sistema podem variar de acordo com a empresa desenvolvedora. Aqui destacamos as principais funcionalidades do software:

  • Cálculo de frete: ajuda a determinar qual transportadora é a melhor para cada envio realizado por meio de tabelas de frete, o que reduz custos de transporte e possibilita a oferta de fretes mais justos para os consumidores.
  • Gestão de despacho: otimiza a troca de informações de expedição dos pedidos entre transportadoras e embarcadores por meio de automatização.
  • Rastreamento de entregas: viabiliza o acompanhamento do status da entrega; automatiza o processo de notificação ao cliente sobre a situação do seu pedido. Reduz custos com atendimento, reentregas e devoluções;
  • Auditoria de faturas: identifica divergências nas tabelas de frete e cadastro de produtos, reduzindo erros no cálculo final e facilitando a gestão financeira da sua empresa;
  • Reembolso dos Correios: monitora todos os pedidos despachados e realiza a abertura dos Pedidos de Informação (PI). Isso facilita a recuperação dos valores perdidos em decorrência de extravios, atrasos ou avarias.

Além disso, a tecnologia possui integração com sistemas ERP (sistema de gestão empresarial), facilitando a troca de informações financeiras, fiscais e contábeis e emissões de documentos como CT-e e NFS-e, aumentando o controle do fluxo logístico, o que gera ganho em produtividade e qualidade nos processos de distribuição de cargas.

Concluindo, a gestão de transportadoras é algo que demanda planejamento estratégico para que a sua empresa mantenha-se competitiva no mercado. Através do conhecimento das operações, é possível identificar quais são os componentes do frete que estão encarecendo as suas remessas. Assim, utilizar um sistema de gestão de fretes pode trazer bons resultados para as suas operações.

Quer saber mais sobre como realizar uma gestão otimizada de transportadoras? Leia este Guia definitivo que produzimos sobre o assunto.