Logísticaprovedores logísticos
O crescimento da economia dos e-commerces e a necessidade de entregar produtos com eficiência deixa explícita a importância de ter bons provedores logísticos. Essas empresas têm ainda mais relevância no contexto atual, no qual conseguem executar etapas indispensáveis às companhias.

Os provedores mudaram muito os modelos de operação. Eles possibilitam que os varejistas online tenham atividades logísticas executadas com maior eficiência e estratégia. Eles ajudam as empresas a terceirizar etapas específicas da linha de operação logística, trazendo eficiência e economia.

Esse auxílio dos provedores logísticos ajuda as empresas a definir como funciona seu PL, ou seja, sua estrutura logística, que pode ser de 5 tipos diferentes. Saiba agora como cada um desses modelos funciona.

Entenda o que é o PL na cadeia logística

Muito comum para classificar níveis de atuação logística, o termo PL é uma sigla para “Party Logistics”, ou partes da logística. Armazenar, organizar, catalogar e distribuir são algumas das etapas que um sistema logístico comum tem em seu cotidiano de operações. Diante disso, há 5 diferentes classificações de PL que uma empresa pratica: 1PL, 2PL, 3PL, 4PL e 5PL.

Em cada um desses níveis de PL a empresa é responsável por etapas da logística. Em algumas ela cuida de mais tarefas, enquanto em outras, a maioria das demandas são repassadas aos provedores logísticos. Em meio ao aumento das demandas dos e-commerces, aumentou muito a necessidade de ter uma operação logística ainda mais eficiente.

A importância dos provedores logísticos

Nesse contexto, os provedores logísticos têm proposto soluções muito interessantes aos varejistas. Eles cuidam dessas demandas, de acordo com as necessidades de cada empresa. Nem sempre é financeiramente interessante expandir estruturas de armazenagem, por exemplo. Diante disso, os provedores logísticos oferecem um trabalho terceirizado fundamental.

Conheça os 5 PLs e como funcionam

Os diferentes níveis de PL são utilizados para classificar o modelo de operação logística em cada uma das empresas. Assim, é possível saber o quanto de demandas ela própria cuida e quais são repassadas aos provedores logísticos. A seguir, saiba mais sobre cada um dos 5 PLS.

1PL (First-party Logistics)

O 1PL é conhecido como a logística primária, ou seja, o modo em que a empresa tem mais responsabilidade com cada uma das etapas do processo. Mais precisamente, ele cuida de toda a operação, sem terceirizar nenhum serviço a um provedor. Geralmente, quem está nesse nível são empresas de grande porte, como a Amazon, que recentemente passou a entregar seus produtos.

2PL (Second-party Logistics)

Na logística secundária, a empresa terceiriza a entrega de seus produtos. Atualmente, essa é uma das principais escolhas entre os e-commerces. Eles buscam provedores logísticos que tenham uma estruturação capaz de atender às demandas de entregas. Nesse esquema de trabalho, o provedor tem sua frota e, por meio dela, transporta um produto de um ponto A (estoque) e leva até um ponto B (consumidor).

3PL (Third-party Logistics)

A logística de terceirização repassa toda a operação para o provedor. A proposta é que essa empresa assuma todas as atividades de armazenamento e distribuição, com uma atuação ampla. Nesse nível de trabalho, os provedores logísticos são responsáveis por organizar os produtos em seus próprios armazéns, preparar para a entrega e realizar o despacho.

4PL (Fourth-party Logistics)

Uma logística de quarta parte é bastante similar à de terceirização, contudo, ela tem um caráter mais voltado para o gerenciamento completo das operações, inclusive o contato com fornecedores. Os provedores logísticos que atendem 4PL fazem uma operação completa, inclusive realizando a compra de novos produtos e, então, armazenando, organizando e distribuindo.

5PL (Fifth Party Logistics)

O último nível é mais voltado às empresa de e-commerce. Esses provedores logísticos têm foco na tecnologia, buscando recursos que otimizem a operação e reduzam custos. Os varejistas contratam essas empresas para que elas analisem os trabalhos das 3PL e 4PL, visualizando soluções que, além de mais eficiência, também tornem os custos logísticos menores aos e-commerces.

Veja a importância de valorizar o 5PL

A tecnologia é fundamental ao cotidiano de qualquer empresa atualmente. Com os e-commerces isso não é diferente, afinal, o digital é o ambiente nativo dessas companhias. Diante disso, os provedores logísticos de 5PL têm um importante papel de seguir a busca por esses recursos que otimizem as operações. Só assim é possível aliar a economia de custos à eficiência em todas as etapas logísticas.

Cada vez mais se torna importante a percepção do uso de recursos tecnológicos nas operações. Eles têm uma abrangência de atuação que vai desde o armazenamento até a última milha. Assim, com sistemas eficazes, as empresas conseguem ter maior controle sobre o nível de produtos em estoque, por exemplo. Apesar de simples, isso gera muita economia e evita a perda e desperdício de mercadoria.

A tecnologia também torna as entregas mais ágeis e transparentes. Poder se comunicar com o entregador e rastrear o produto são facilidades que ajudam muito na última etapa logística. Essa troca de informações e controle em tempo real geram facilidades operacionais que resultam em entregas em menor tempo. Por si só, oferecer prazos reduzidos chama muita atenção do consumidor.

O impacto na experiência de compra

Os ganhos obtidos pelos provedores logísticos de 5PL geram a otimização dos processos em níveis altos. De uma forma simples de entender, isso significa que o e-commerce após receber o pedido será capaz de entregar o produto ao cliente com maior agilidade e precisão. Essa eficiência é um dos fatores mais buscados em uma compra online.

Não basta vender o melhor produto. É fundamental oferecer uma experiência de compra completa, e que inclua a entrega rápida, rastreável e eficiente como um dos principais fatores. Ao recorrer à logística 5PL, as empresas estão mais próximas de soluções tecnológicas que proporcionem isso.

Independente do tamanho do seu e-commerce, ter uma logística competente faz toda diferença para o sucesso dele. Os provedores logísticos podem ser importantes agentes na busca pela excelência. Agora você já entende os PLs de 1 a 5 e saberá como posicionar a sua empresa!

Não deixe de seguir a Intelipost nas redes sociais! Por lá você encontra mais informações e tem acesso a outros conteúdos como este. Estamos no FacebookTwitter e LinkedIn