Logísticaproof of delivery
Os processos que envolvem a entrega de mercadorias são bastante complexos. Um gerente de logística de sucesso deve acompanhar de perto o andamento dos pedidos, em especial o Proof of delivery. Mas você sabe o que é isso?

O que é Proof of delivery (POD)?

Se você já ouviu falar em proof of delivery, mas não sabe o que é isso, este é o momento de sanar todas as suas dúvidas. O termo pode ser traduzido como “confirmação de entrega” e diz respeito ao momento em que a mercadoria chega ao seu destino.

Quem trabalha com e-commerce sabe que o consumidor está cada dia mais exigente. As empresas precisam se adaptar às demandas do mercado, oferecendo uma entrega rápida, segura e dentro dos padrões de qualidade. Por isso, receber a confirmação de entrega do pedido é essencial.

Seu e-commerce, ao contratar uma transportadora, precisa ter acesso a dados reais e atualizados sobre o pedido. Mais do que isso, é preciso saber se a entrega foi realizada, quem recebeu e em que condições o pacote chegou ao destino.

Por meio de tecnologia, em especial da geolocalização, os dados são atualizados automaticamente e em tempo real. Observe que quando essa confirmação é transmitida por um software de gestão, a central mantém-se informada e consegue obter uma visão mais qualificada da cadeia de produção.

A quem se destina o POD?

Conforme vimos, o POD nada mais é que a confirmação de uma entrega, ou seja, a formalização de que o pedido foi recebido pelo destinatário. Pelas características, é fácil concluir que não se trata de uma mera formalidade.

O documento é de grande relevância para todas as partes envolvidas no processo:

  • a empresa de e-commerce consegue ter um controle maior de seus pedidos e, assim, dar um retorno mais eficaz à sua clientela;
  • a transportadora consegue provar que o trabalho foi desempenhado conforme o contratado;
  • o cliente tem a formalização da entrega e, principalmente, da data e das condições de entrega da mercadoria.

Portanto, esse documento se destina a todos os interessados na entrega. As informações ali contidas fazem prova da entrega e são uma garantia de que todos os processos foram executados adequadamente.

Quem emite o Proof of delivery?

Quem emite o Proof of delivery é o responsável pela entrega, isto é, a transportadora. Ao entregar a mercadoria, o entregador, por meio de um sistema de comprovação de entrega, coleta os dados e os transmite para a central.

A maioria dos programas utilizam dispositivos móveis para fazer a transmissão dos dados à empresa contratante. Assim, com o auxílio de recursos, como assinatura digital, registros de data e hora e leitura de código de barras e dados de GPS, o transportador mantém a contratante sempre informada sobre o status da entrega.

Para que serve o POD?

Nos últimos anos, o mercado virtual experimentou um crescimento expressivo no Brasil. A tendência é que, em 2018, o comércio eletrônico cresça 15% em relação a 2017, e isso demonstra que a logística será ainda mais demandada.

Paralelamente a esse crescimento, temos o fortalecimento de um consumidor mais exigente e consciente de seus direitos. Na prática, o que podemos perceber é que a entrega se tornou um processo logístico muito importante, responsável por assegurar a satisfação da clientela.

Nesse contexto, o POD tem a função de comprovar que a atividade foi executada dentro do padrão de qualidade exigido pelo mercado. Trata-se de uma maneira eficiente de demonstrar que a mercadoria chegou dentro do prazo e sem avarias para o consumidor.

Destaca-se que esse tipo de informação é vital para as empresas de e-commerce. Afinal, para atrair mais clientes, é preciso transmitir a segurança de que o produto será entregue em perfeitas condições — assim como acontece em uma loja física.

Proof of delivery na prática

Para explicar a importância real do POD, e como ele ajuda a sua empresa a ter um maior controle sobre as atividades executadas durante os processos de transporte e entrega das mercadorias, apresentamos agora um exemplo prático:

Suponha que um cliente que mora na cidade de Campinas (SP) tenha comprado um par de tênis em sua loja virtual. A mercadoria foi recolhida pela transportadora no armazém em São Paulo (SP) e tem um prazo para entrega de 3 dias úteis.

Por meio de um sistema, o cliente recebe o código de rastreio e consegue acompanhar o deslocamento do pacote em tempo real. Assim, dois dias após a mercadoria ser entregue ao transportador, ou seja, antes do final do prazo, o entregador lança no sistema que está em rota de entrega, chega até a residência do cliente, mas não encontra ninguém para receber o produto.

Nesse caso, ele poderá registrar que não conseguiu entregar o produto, o motivo e até fazer um registro por meio de uma foto, por exemplo. Com isso, o cliente, a transportadora e a empresa poderão ter a comprovação de que a tentativa de entrega, de fato, existiu.

No dia seguinte, já ciente de que houve a primeira tentativa sem sucesso, o consumidor aguardará o entregador. Desse modo, ao receber a caixa, ele fará a conferência e, por meio de uma assinatura digital, confirmará a entrega.

Perceba que todo o processo foi registrado e todos estavam cientes de cada movimentação da carga. Em geral, isso aperfeiçoa o relacionamento entre as partes, traz mais segurança e, ainda, contribui para a rápida identificação de erros e para uma tomada de decisões mais coerente.

Vale a pena ressaltar que, antes do surgimento dessas tecnologias, esse procedimento era feito de maneira manual. Por esse motivo, era comum a perda de dados, rasuras nos recibos de entrega e dificuldade de visualização das informações. Ou seja, essa automatização contribuiu bastante para a melhoria da qualidade dos processos de entrega.

Como você viu, o Proof of delivery é uma estratégia inteligente e muito importante para a logística do e-commerce. Por meio de tecnologias inovadoras, empresa, transportadora e cliente conseguem acompanhar, em tempo real, todos os passos da mercadoria e atestar que a entrega foi realizada conforme o acordado.

Em um cenário de alta competitividade, é preciso investir em diferenciais. Sem dúvidas, apostar em métodos que tornem o transporte e a entrega mais seguros e eficientes é uma decisão inteligente, que trará bons resultados para a empresa.

Quer se manter informado sobre tendências para o e-commerce? Siga-nos no Facebook, no LinkedIn e no Google+ e acompanhe as nossas publicações!