Logísticaautomação logística

Processos para movimentação e entrega de produtos são essenciais em um e-commerce, e determinantes para o sucesso e a satisfação dos clientes. Por isso, gestores de lojas virtuais estão cada vez mais preocupados em aprimorar a qualidade dessas atividades. A boa notícia é que, graças aos avanços da tecnologia, a automação logística permite potencializar a eficiência e a lucratividade do setor, propiciando resultados que excedem expectativas.

Aliada à tecnologia, a logística ganha novas e inovadoras ferramentas para o controle e a informatização de tarefas. Com elas, é possível agregar ainda mais valor à cadeia de distribuição e aumentar a produtividade de todas as operações envolvidas na entrega de um pedido.

Neste artigo falaremos sobre as vantagens da automação logística para a gestão de transportes, detalhando 3 delas. Além disso, mostraremos algumas ferramentas tecnológicas que fazem toda a diferença nas rotinas de um e-commerce. Acompanhe!

A importância da automação logística para a
gestão de transportes

Nos e-commerces, os processos logísticos se concentram em etapas como armazenagem, transporte e distribuição. Esse ciclo produtivo que viabiliza a entrega de um produto ao cliente depois que um pedido online é feito é imprescindível para a qualidade do serviço prestado ao consumidor.

São questões relacionadas a esse fluxo que podem mudar completamente a visão que um usuário tem de uma loja virtual, como o prazo, as condições da entrega, o preço do frete, a facilidade para trocas e devoluções, entre outros.

Assim, o transporte é o coração de um e-commerce, e otimizá-lo com auxílio da tecnologia deve ser prioridade de qualquer gestor que deseja tornar os processos do seu site mais competitivos, eficazes e, sobretudo, econômicos.

Ferramentas digitais viabilizam o acompanhamento de todas as etapas, desde o recebimento de um pedido até sua entrega. Com tarefas informatizadas, todo o trabalho fica mais rápido e eficiente, poupando tempo e custos.

Com o uso de ferramentas qualificadas é possível monitorar com maior precisão os resultados, e em tempo real, além de gerar relatórios que guiam as tomadas de decisão.

As 3 vantagens da automação logística de transportes

Mais do que tudo, a automação logística permite ampliar a produtividade e a qualidade do transporte. Seus impactos são extremamente positivos em todas as instâncias da cadeia de distribuição. Confira agora as 3 principais vantagens dessa parceria.

1. Controle e redução dos custos operacionais

Um dos principais propósitos da automação logística é facilitar o controle, a organização, a fluidez e a flexibilidade das atividades. A adoção de sistemas especializados permite a integração de todos os dados da empresa em um só lugar. Desse jeito, fica mais fácil encontrar uma informação necessária ou acompanhar o andamento de qualquer procedimento.

Em geral, esses programas contam com um painel de controle no qual um gestor visualiza tudo o que acontece na empresa e consegue fazer análises em tempo real — especialmente, corrigir erros que poderiam gerar prejuízos financeiros ou transtornos para o cliente.

Em suma, implantar softwares na gestão de transporte beneficia o controle de todos os estágios desse processo, que se tornam mais inteligentes, padronizados e com respostas mais rápidas.

Consequentemente, a informatização de tarefas que antes eram feitas manualmente — consumindo mais tempo e recursos — e a mitigação de falhas contribuem para a simplificação das rotinas operacionais e a redução de custos. Afinal, é possível gerar grande economia por meio de inovações como:

  • planejamento de rotas;
  • prevenção de erros;
  • reforço da segurança, evitando extravios, avarias e falhas que ocasionam pedidos de trocas ou devoluções;
  • elaboração de estratégias que otimizam o transporte, por exemplo, aperfeiçoando embalagens ou estágios de manuseio de carga.

2. Monitoramento dos indicadores logísticos e tomada de decisões

Ter a informação certa no momento ideal é algo valioso para as tomadas de decisão. Sistemas digitais concentram uma grande quantidade de informações sobre as entregas da empresa e podem, em poucos cliques, gerar gráficos e relatórios com base na evolução e na comparação de indicadores logísticos, que tornam o planejamento estratégico mais efetivo.

A justaposição de dados é um recurso crucial. Ao mesmo tempo, gestores conseguem visualizar o status de todas as entregas, verificar o que não foi cumprido, entender o motivo de atraso ou falhas e, desse modo, podem assumir um papel proativo na hora de elencar soluções ou até mesmo passar informações com clareza para o cliente.

Na internet, o volume de dados que circula é gigantesco, por isso a automação logística é indispensável para a integração e registro dessas informações, para que sejam utilizadas a favor das decisões empresariais.

Quanto maior o volume de dados que um e-commerce consegue coletar e analisar, melhor ele saberá como aproveitar oportunidades e manter o foco na melhoria contínua.

3. Agilidade

O tempo é um recurso precioso e que faz diferença na gestão do transporte. Afinal, no mercado do e-commerce, os consumidores desejam respostas cada vez mais rápidas e prazos mais curtos. Para propiciar isso, a automação logística é uma aliada: com um software, procedimentos que ocupariam horas de uma equipe podem ser feitos em instantes.

Por exemplo, com um sistema qualificado, os gestores conseguem, em poucos cliques, dimensionar a frota de acordo com o volume de entregas, garantindo o melhor aproveitamento dos veículos e driblando problemas de ociosidade.

Dessa maneira, o esforço e o talento dos colaboradores podem ser alocados para assuntos mais estratégicos, que realmente contribuam para o alto desempenho da empresa ou para a prospecção de novos clientes.

Com o tempo, observa-se que o fluxo das entregas acontece de forma mais estruturada e otimizada, permitindo até que a empresa consiga suprir demandas maiores. Aliada à redução de custos, a agilidade favorece a prestação de um transporte mais competitivo e atraente para os consumidores, uma vez que ele se torna mais rápido e barato.

Alguns sistemas de automação logística de transportes

Para promover a automação logística no seu negócio virtual, existem várias ferramentas que você pode adotar para aperfeiçoar o transporte e os demais processos. Conheça algumas.

Roteirizador

Um software que planeja rotas inteligentes com base em variáveis como gasto com combustível, trajeto mais rápido, trânsito, segurança, necessidades do cliente, entre outras.

Transportation Management System (TMS)

É um software completo, voltado para a gestão de transportes. Utilizado para gerenciar todas as rotinas, como controle de frota, tabela de fretes, manutenções, gestão de custos etc., o TMS automatiza os diferentes processos de transporte, garantindo agilidade, segurança e maior produtividade.

Warehouse Management System (WMS)

Adotado para otimizar a separação de pedidos e as operações nos estoques e armazéns. Conta com uma série de hardwares para redobrar a segurança, a precisão e reduzir perdas e erros como esteiras automáticas (que classificam e direcionam os itens por pedido), picking por voz, por luzes ou com etiquetas com tecnologia de rastreio.

Enterprise Resource Planning (ERP)

Um programa usado para a gestão empresarial, que pode ser aplicado na instituição como um todo e é muito útil para aprimorar o controle e a comunicação de dados.

Agora que você reconhece o papel da automação logística na gestão de transporte e os benefícios que ela proporciona, cabe a você dar um passo em direção à inovação e adotar as melhores ferramentas para o seu negócio.

Gostou deste post? Está convencido sobre a importância da automação logística nos resultados do seu e-commerce? Então baixe o nosso e-book sobre tecnologia no mercado de transportes e fique por dentro do assunto!